RECADINHO:

RECADINHO:
Quem entrar como seguidor do blog, favor deixar um comentário p/que eu possa retribuir.
Não dá mais p/entrar nos blogs através do espaço "SEGUIDORES".

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

COXA DE FRANGO ASSADA (no saco) C/BATATINHAS E SALADA DE REPOLHO

A coxa é a parte do frango que eu menos uso, mas que é tão saborosa quanto as demais. Como a coxa estava numa promoção boa no mercado, eu comprei e foi ficando como última opção (tadinhas) kk. Não é que depois delas desprezadas no freezer, ainda renderam essa refeição maravilhosa.

Receita:
1 kg de coxa de frango
Temperei com:
2 dentes de alho
Sal a gosto
Molho de pimenta
Shoyu
1 folha de louro
2 colheres de chá de colorau (dá uma corzinha)
Cominho a gosto
2 colheres de sopa de cachaça
Deixei descansando nessa marinada por +- 3 horas (na geladeira)

Modo:
Depois das 3 hora, passei p/uma panela e levei ao fogo com a marinada por 10 minutos (só p/dar um leve cozimento). Retirei o frango da panela e passei p/o saco ASSARÁPIDO (com a marinada). Levei ao forno 180º por +- 1 hora, depois abri o saco, pincelei com manteiga e deixei no forno até dourar.
Depois das coxas prontas, retirei da assadeira e reservei...
Na mesma assadeira, coloquei um pouquinho de água fervente sobre o papel p/aproveitar a crosta formada. Coloquei as batatinhas (descascadas) no caldo formado no papel, polvilhei com sal e levei ao forno até elas ficarem douradinhas, mexendo de vez em quando p/não grudarem no papel e p/ficarem uniformes.

P/as batatinhas:
Batatinhas cozidas com cascas (quantidade a gosto) e depois descascadas

P/salada de repolho:
Repolho fatiado (quantidade a gosto) cozido no vapor
Passas claras e escuras
Milho verde (em conserva, escorrido)
Azeitonas
Tomatinhos grape (uva)

Torradinhas:
Pão de forma s/casca (fatias cortadas em 4)
Cream cheese
Geleia de pimenta HOMEMADE
Passei o cream cheese nos quadradinhos de pão e levei ao forno p/dourarem levemente. Coloquei um montinho da geleia sobre as torradinhas e voltei com elas ao forno rapidamente (só p/aquecer, mas sem deixar a geleia derreter).


Modo do frango no saco
Com saco já aberto p/dourar





terça-feira, 29 de setembro de 2015

PUDIM DE PÊSSEGO (com a fruta)

Eu achava, mas agora eu tenho certeza que sou chegada a um exagero na hora das compras. Geralmente eu compro frutas demais e aí elas  acabam sempre sobrando na minha geladeira. Vixi, quando o preço está em conta, aí mesmo é que eu exagero  nas quantidades. Dessa vez o que sobrou foram os pêssegos, mas p/alegria da turminha eles acabaram virando um pudim delicioso
Receita:
1 lata de leite condensado
1 lata não muito  cheia de suco de pêssego (retirei cascas e caroços dos pêssegos, piquei e bati no liquidificador)
3 ovos
2 colheres de sopa de leite em pó
50g de coco ralado fresco

Modo:
Bati no liquidificador o leite condensado, o suco, os ovos e  o leite em pó. Por último acrescentei o coco ralado e bati rapidamente. Coloquei a mistura n/forma caramelizada e levei ao fogo baixo em banho mª n/panela própria p/pudim por +- 1 hora.




Isso mesmo!
Depois que comprei a panela p/banho maria, nunca mais fiz pudim no forno. Se vc não tiver a panela apropriada, pode usar uma panela maior que a forma e que dê p/colocar a forma em banho mª. Importante é que tanto a forma, quanto a panela, fiquem bem tampadas p/que não entre água.








As flores da caneca, eu coloco na água e elas duram uma eternidade...
Toda tarde elas fecham e logo pela manhã abrem me enchendo de alegria quando vejo essa transformação.









                              LEITE CONDENSADO QUE USEI...

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

PÃO FOFINHO TIPO COUVERT

Gente, eu peguei essa receita no blog da Teresa do Teretetê na cozinha (AQUI) e já vou confessando que não tenho mais comprado pão e não pretendo comprar tão cedo kkk
Eu faço os pãezinhos, congelo e vou tirando p/uso. Fica perfeito!
Além de saborosos, os pãezinhos ainda são saudáveis por serem  livres de qualquer tipo de conservante.
Nota: Fiz metade da receita


Receita:
50g de fermento biológico fresco ou 20g do seco (usei o fresco)
4 gemas
6 colheres de sopa de margarina sem sal (usei com sal)
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa rasa de sal
1 kg de farinha de trigo
+- 450ml de leite morno

Modo:
Dissolva o fermento em um pouco de leite e reserve...
Misture bem as gemas com a margarina e o açúcar. Junte o fermento dissolvido (reservado) e misture mais.  Vá adicionando a farinha de trigo aos poucos, junte o sal e continue alternando a farinha com o restante do leite morno, até que a massa desgrude das mãos. Sove muito bem e descanse a massa coberta por +- 20 minutos (eu coloquei a tigela com a massa dentro de um saco plástico, fechei e deixei descansando dentro do forno desligado).
Depois do descanso, faça bolinhas, coloque-as n/assadeira untada deixando espaço entre elas. Deixe crescer (deixei a assadeira também dentro de um saco plástico (grande) fechado  por +- 35 minutos). Depois de crescidos, leve ao forno 180º preaquecido (eu deixei por +- 30 minutos, até ficarem douradinhos  nos 180º mesmo, seguindo a dica da TERESA). Retire do forno e pincele margarina ou manteiga sobre eles (assim que retirar do forno).

DICAS;
Na receita diz:

Nos primeiros 15 minutos, deixe  em forno baixo e depois passe p/180º até terminarem de assar.
Dica da Teresa:
Geralmente o forno caseiro não regula temperatura baixa (menor que 180º), então faça todo o tempo nos 180º. É só ter cuidado p/o pão não assar demais.

                       
                        Antes de irem ao forno...









                        Saindo do forno...









         

                       Já pincelado com margarina...


                                 





                        
           


                         Mostrando a fofura...








Servi os pãezinhos com uma pasta preparada com filés de atum (em azeite, tomate seco e azeitonas) e maionese


Misturei 1 parte do atum e a maionese até o ponto de pasta...
O restante do atum, usei n/receita de massa integral (AQUI)

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

CARNE DE 2ª (acém) ASSADA COM BATATINHAS E MINICEBOLAS

Gente, na minha opinião a carne de 2ª  assada é bem melhor do que a de 1ª. Fica bem mais suculenta e saborosa (isso na minha humilde opinião kkk)

Receita:
1 kg de acém
2 dentes de alho
Sal,  pimenta do reino  e pimenta calabresa a gosto
Shoyu
1/2 sachê  de Sazón  (p/carne)
2 colheres de sopa de vinagre


P/o molho:
Tomate, pimentões coloridos e extrato de tomate (tudo a gosto)
+- 1 xícara de chá de água fervente
Batatinhas  (descascadas)
Minicebolas


 Modo:
Temperei a carne e deixei descansando na geladeira por +- 2 horas.
Coloquei a carne n/panela com um fio de óleo e selei bem, fui colocando água fervente aos poucos, deixando dourar sempre que secava. 
Quando a carne ficou macia e dourada, retirei da panela e reservei...
Na mesma panela, coloquei o tomate, os pimentões e o extrato de tomate. Refoguei bem, acrescentei +- 1 xícara de chá de água fervente, acertei o sal, juntei as batatinhas e as mini cebolas. Deixei em fogo baixo até ficarem cozidas al'dente.


Acompanhou:
Farofa de bacon com farinha de milho e couve fatiadinha
Salada  de alface, grão de bico, tomatinho cereja e beterraba
Torradinhas de alho







Nunca  experimentou a carne de 2ª assada?

Corre p/experimentar  
pq vc não sabe o que está
perdendo...

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

BATATA TIPO FRITA (SÓ QUE FORNO)

Eu nunca tive curiosidade em preparar essas batatas pq sempre achava que o resultado não ia me agradar. Mesmo encontrando diversas receitas e elogios em vários blogs, nunca quis me aventurar. Acontece que n/belo dia visitando o blog da Lylia, eis que encontro novamente a receita dessa famosa batata e aí não tive como fugir. O jeito foi pegar a receita e pagar p/ver kkk
Gente, imagina uma batata frita deliciosa e ainda com a vantagem de  vc poder comer sem culpa. Imaginou?  
Não? Então paga p/ver assim como eu!
A receita original da Lylia vc encontra aqui:

Receita da Lylia com alterações:
8 batatas cortadas em palitos (usei 4 médias asterix)
1/4 de xícara de chá de farinha de trigo
3 colheres de sopa de azeite

P/salpicar:
Sal  a gosto
Pimenta do reino a gosto
Galhos de alecrim (usei alecrim seco) a gosto

Modo:
Cortei as batatas em palitos não muito finos e como usei a batata asterix  que é mais firme, aferventei por 2 minutos (depois de levantar fervura).
Escorri e sequei bem os palitos, colocando-os n/tigela. Polvilhei os  palitos com a farinha de trigo até ficarem totalmente cobertos. Reguei com o azeite, misturando bem com as mãos.
Forrei uma assadeira com papel alumínio, coloquei os palitos das batatas numa só camada e polvilhei com o sal, a pimenta e o alecrim. Levei ao forno 250º (o meu forno é muito lento) por +- 30 minutos e depois passei p/280º por + uns 15 minutos.
Dica:
A temperatura e o tempo de cozimento, depende do forno de cada um, o melhor é ir verificando de 15 em 15 minutos (não quis as minhas muito douradas).




                       UMA DELÍCIA!!!
Nunca mais eu frito batata ...





P/iscas de fígado é só olhar a receita aqui:
http://piteisdadinha.blogspot.com.br/2012/10/iscas-de-figado-acompanhadas-de-batatas.html




Se vc não gosta de figado, experimenta fazer a batata com bife acebolado....


Hummm, vai ser minha próxima opção!








Aqui só p/deixar água na boca...
Acompanhou:
Arroz branco e saladinha de alface com pimentões assados  (RECEITA AQUI)

terça-feira, 22 de setembro de 2015

IOGURTE GREGO DE CAFÉ

Um dia desses que eu nem me lembro mais qual, foi comemorado o DIA DO CLIENTE, e no supermercado que eu frequento, eles estavam oferecendo uma farta mesa de lanche em comemoração a esse dia, onde tinha o iogurte grego de café. Eu confesso que não conhecia, mas como achei delicioso fui direto na seção dos iogurtes p/comprar e não encontrei o de café. Resolvi então criar o meu próprio IOGURTE GREGO DE CAFÉ. Gente, ficou bom demais! 
Peninha do supermercado que perdeu uma freguesa de iogurte kkk

A receita original do iogurte grego vc encontra aqui:

Receita:
1 litro de leite integral (na receita original o leite é de saco, mas já usei diversas vezes o de caixa)
1 copo de iogurte natural
Café solúvel (usei o 3 corações e ele dissolve bem)

Modo:
Coloquei o leite p/ferver, retirei do fogo, passei p/uma tigela de vidro e deixei amornar (até o ponto de vc colocar o dedo dentro por +- 10 segundos e não se queimar). Nesse ponto,  adicionei o iogurte, misturei bem, tampei a tigela e coloquei enrolada n/toalha de plástico dentro do forno desligado. Deixei lá até o dia seguinte (deixei por +- 12 horas). 
No dia seguinte coloquei um guardanapo dentro de um escorredor e esse escorredor sobre uma tigela. Passei toda a mistura do leite p/esse escorredor e deixei escorrendo o excesso de soro dentro da geladeira por +- 2 horas e 1/2.
Dica:
Esse tempo (de escorrer) varia  de  acordo  com a
textura escolhida. Eu gosto dele bem cremoso, mas vc experimenta até chegar na textura que desejar.
Se quiser ver o passo a passo desse modo, clique aqui:

Depois da mistura escorrida, passei o creme p/uma tigela.  Retirei +- 2 colheres de sopa desse creme (reservei o restante), coloquei n/canequinha e fui adicionando o  café solúvel aos poucos (p/2 colheres de sopa do creme já pronto do iogurte, usei +- 1/2 colher de sopa rasa de café solúvel), misturando muito bem com uma colher p/dissolver todo pó. Depois de todo café dissolvido fui colocando aos poucos no restante do creme reservado (batendo bem com um fouet), até chegar no ponto que escolhi p/saborizar o iogurte. Acrescentei açúcar a gosto (pode usar adoçante no lugar do açúcar), passei o iogurte p/vidros esterilizados e conservei na geladeira.



Mostrando a cremosidade que eu escolhi, mas o ponto dessa cremosidade fica a gosto...








Aqui o café solúvel já dissolvido  e pronto p/ser adicionado aos poucos no restante do iogurte...
DICA:
Adicionar com cuidado p/não ficar forte demais...

Rend: Vai depender da cremosidade escolhida, o meu rendeu +- 4 e 1/2 embalagens do iogurte industrializado.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

CARRÉ CARAMELIZADO NA PANELA e couve flor com molho de maracujá

Fugindo das frituras,  eu sempre procuro alternativas nos preparos dos pratos e dessa vez lembrei do modo que uma senhora que trabalhava na casa da minha avó preparava os carrés. Não é um modo totalmente saudável, mas com certeza é melhor do que a fritura em imersão.

Receita:

P/os carrés:
3 costeletas suínas (carré)
Temperei com:
Alho, sal, cominho, molho de pimenta, shoyu e 2 colheres de sopa de vinagre de vinho branco. Deixei nessa marinada por +- 2 horas.
Modo:
Coloquei n/panela 2 colheres de sopa de margarina e 1/2 colher de sopa de açúcar e deixei dourar bem. Juntei as costeletas com a marinada (se ficar muita marinada, retire um pouco, a minha ficou no ponto certo) e deixei em fogo baixo com a panela tampada, até  as costeletas ficarem cozidas e macias. Como as minhas não eram grossas, eu não precisei  colocar água, mas se necessário, acrescente água fervente aos poucos.
Depois das costeletas macias, retirei da panela e reservei.
Na mesma panela, aproveitando a crosta formada no fundo, acrescentei +- 1/2 xícara de chá de água fervente, sal, páprica picante e as cebolinhas. Deixei em fogo baixo até ficarem macias

P/a couve flor:
1 couve flor cozida no vapor (os buquês)
Molho:
3 colheres de sopa de azeite
1 dente grande de alho
1/2 cebola fatiada (fina)
Sal  e noz-moscada a gosto
1/2 xícara de chá de água fervente
5 colheres de sopa de suco maracujá
Um pouco mais  de 1/2 caixa de creme de leite 
Modo:
Refoguei bem a cebola no azeite, juntei o alho deixando dourar levemente. Acrescentei a água fervente e deixei em fogo baixo até a cebola ficar macia. Adicionei o suco de maracujá, o creme de leite, temperei com o sal e a noz-moscada  e deixei em fogo baixo só p/aquecer (sem deixar ferver).

Dica:
O molho é tudo a gosto, o melhor mesmo é ir adicionando os ingredientes e experimentando, já que o suco de maracujá é um ingrediente ácido (usei o suco da fruta). Se quiser um  molho mais ralo, é só acrescentar mais um pouco de água fervente ao molho.
Acompanhou:
Arroz branco e uma saladinha verde...


Com a sobra do creme de leite e mais aquelas maçãs que vcs já conhecem (mumificadas kkk na minha geladeira), ainda rendeu essa sobresa deliciosa...
P/as maçãs:
Maçãs partidas em 4 partes, regadas com creme de leite e geleia de damasco (usei HOMEMADE). Levei ao micro-ondas por 1 minuto (o meu micro é lesado kk)
Obs: o tempo  do micro-ondas  pode variar de acordo com o forno e a potência...
AQUI ANTES DE IR AO FORNO...






SAINDO DO FORNO








PRONTINHA P /SER SERVIDA....

     GELEIA QUE USEI












...aqui a  panela caramelada


aqui os carrés já douradinhos ...

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

BOLO DE LARANJA DA OSLAINE E NICE E ANA

Depois de procurar uma receita nova de bolo de laranja, encontrei essa que resolvi experimentar. O bolo ficou super fofinho e a receita já foi p/o caderninho.
Eu peguei a receita no blog da minha amiga Oslaine  (AQUI), e ela pegou  (AQUI)
Em realidade a receita é de um bolo gelado, mas tanto a Oslaine como eu, preferimos fazer só o bolo simples. Caso queiram a receita original do bolo gelado, basta clicar onde diz (AQUI).

Receita:
2 ovos
1 xícara de chá de açúcar
3 colheres de sopa de margarina
1/2 xícara de chá de suco de laranja coado
1 xícara de chá de farinha de trigo peneirada
1/2 xícara de chá de amido de milho (Maizena) peneirada
Raspas da casca de 1 laranja
1 colher de sopa de fermento em pó peneirado

Modo:
Misture a farinha de trigo, o amido de milho (peneirados), as raspas de laranja e reserve.
Bata as claras em neve e reserve
Na batedeira coloque o açúcar, a margarina e as gemas. Bata até formar um creme homogêneo, e aos poucos acrescente os ingredientes secos já peneirados, alternando com o suco de laranja, tomando cuidado p/que a última adição seja dos ingredientes secos. Bata bem, e em seguida adicione o fermento batendo apenas p/incorporar. Retire da batedeira e acrescente as claras em neve delicadamente. Coloque a massa n/assadeira redonda de 22cm de diâmetro (A OSLAINE USOU UMA FORMA DE BOLO INGLÊS, E EU UMA FORMA DE FURO CENTRAL) untada e enfarinhada e leve ao forno 180º por +- 35 minutos. 



Saindo do forno....











Fica tão fofinho  que tem que ser desenformado delicadamente...

Servi com doce de laranjinha kinkan

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

MIGNON SUÍNO ASSADO C/ BATATAS E ABACAXI

Volta e meia eu gosto de preparar uma carne de porco, e segundo pesquisas realizadas, já foi constatado que a carne suína é bem  mais saudável do que a carne de frango. Sendo assim, juntemos o útil ao agradável e que papai do céu nos proteja, pq eu acho que essas pesquisas em realidade n/sabem de nada...



Receita:
1 kg de mignon suíno  (em 2 peças)
2 dentes de alho socados
Sal e pimenta do reino a gosto
1 folha de louro
Vinagre ou suco de limão
Deixei a carne nessa marinada por +- 2 horas na geladeira.



Modo:
Coloquei as peças de mignon n/panela com óleo quente e deixei dourar bem. Passei a carne p/ uma assadeira com a marinada, pincelei com molho barbecue, cobri com papel alumínio e deixei em forno médio por +- 1 hora.  Depois de 1 hora, retirei o papel, pincelei a carne com margarina e deixei até ficar dourada e macia.
Depois da carne dourada e macia,  retirei da assadeira e reservei.

Na assadeira, coloquei um pouquinho de água fervente aproveitando toda a crosta formada e coloquei as rodelas de batatas p/terminarem o cozimento.
Com as batatas  coradas e macias, voltei com a carne p/a assadeira  somente p/aquecer.
P/as batatas:
5 batatas médias cortadas em rodelas  cozidas al'dente em água e sal

Passei a carne p/uma travessa, coloquei as batatas e fatias de abacaxi em calda cortadas ao meio.



Acompanhou:
Arroz branco, farofa de ovos e uma salada de beterrabas com maionese de beterraba (receita aqui)




Receita da maionese de beterraba (AQUI)








Usei o abacaxi em compota (igual o da foto)

Receita  (AQUI)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...