sexta-feira, 28 de setembro de 2018

AIPIM NO ALHO E ÓLEO, farofa de cebola, salada e rosbife

Eu contei aqui em outra receita que ganhei um "montão" de aipim da minha cunhada e fiquei que feliz da vida pq adoro. Como não ia usar tudo de uma vez só, congelei e foram então saindo receitinhas simples e gostosas como é o caso dessa:

P/o aipim:
Pedaços médios de aipim em quantidade a gosto, cozidos em água e sal e depois cortados em pedaços menores
Modo:
Aqueci levemente 1 colher de sopa de óleo (não gosto de usar muito óleo) n/frigideira antiaderente de fundo grosso, coloquei os pedaços de aipim deixando em fogo baixo até ficarem levemente dourados. Retirei com ajuda de 1 escumadeira e reservei...
Na mesma frigideira coloquei mais 1 colher de sopa de óleo, acrescentei 4 dentes de alho socados grosseiramente deixando dourar. Adicionei azeite a gosto e 1 pitada de pimenta do reino. Retirei do fogo, temperei com uma pitada de sal, juntei salsinha (a gosto) picada e os pedaços do aipim reservados misturando bem. Reguei com mais azeite e levei p/servir...

P/farofa:
2 cebolas médias picadas
1 fio de óleo
3 colheres de sopa cheias de manteiga (usei margarina sabor manteiga Vigor)
Farinha de mandioca (QB)
Sal
Modo:
Coloquei o óleo, a margarina e as cebolas picadas n/panela e deixei em fogo baixo mexendo de vez em quando até a cebola ficar bem dourada, mas sem queimar p/não amargar. Nesse ponto acrescentei a farinha de mandioca aos poucos e sempre mexendo, até chegar no ponto desejado (eu gosto dela úmida), acertei o sal e servi...
Dica:
O fio de óleo ajuda a não escurecer  a manteiga ou margarina 



P/salada:
Dica:
Aproveitei o caldo do cozimento de umas beterrabas que cozinhei p/congelar, p/também cozinhar  uns buquês de couve flor que ficaram ótimos...
Buquês de couve flor
Alface  (pouquinho só no meio)
Ovo cozido
Tomatinhos cereja
Azeitonas AZAPA
Molho:
Dourei levemente 1 dente de alho  n/fio de óleo, acrescentei pimentões coloridos (verde, vermelho e amarelo) fatiados, cebola fatiada, sal e gotas de vinagre refogando bem até ficarem levemente cozidos, mas bem al'dente (fogo baixo). Se necessário acrescentar um pouquinho de água. depois reguei com bastante azeite








REFEIÇÃO DAQUELAS BEM SIMPLES, MAS QUE COM CERTEZA AGRADA TODA A FAMÍLIA...










Acompanhou:
Arroz branco e rosbife de coração da alcatra

Vou deixar aqui também o link de um bolo de aipim super fácil e delicioso:
https://piteisdadinha.blogspot.com/2018/05/bolo-de-aipim-cozido-da-regina.html









...ponto do alho p/farofa








...ponto do alho p/o aipim

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

SALADA DE MASSA PENNE c/filés de salmão ao natural e maionese

E aí n/dia quente como o de hoje a pessoa abre a geladeira e leva meia hora pensando no que vai preparar p/o almoço, de repente abre o armário, encontra uma latinha de filé de salmão e resolve em 1 minuto preparar uma saladinha deliciosa. Quanto tempo perdido olhando p/geladeira né?
Na vida também é assim, às vezes a gente perde muito tempo procurando solução p/um "PROBLEMÃO"  e de repente percebe que aquele em realidade era só um "PROBLEMINHA". 



Receita:
+- 250g de massa penne cozida al'dente em água e sal
1/2 cenoura grande ralada (ralo grosso)
1 lata de filé de salmão ao natural (escorrido)
1 ovo cozido picado
Passas a gosto
Azeitonas recheadas picadas e p/decorar



Modo:
Misturar tudo delicadamente, verificar o sal e servir...






Como não rolou uma cervejinha, a salada foi acompanhada de um bom suco de laranja. 















segunda-feira, 24 de setembro de 2018

BOLO DE BANANA c/casquinha crocante

Oi boa tarde p/todos!
Estou demorando nas visitinhas pq estou tentando resolver um probleminha muito chato no meu face, mas aos poucos vou visitando os cantinhos de todos os amigos ok?

Às vezes eu passo da conta quando compro banana e quando o tempo está mais quente, o que é o normal aqui no RJ mesmo no inverno (raros são os dias de frio), elas acabam ficando maduras demais e eu resolvo então congelar p/que não terminem no lixo. Depois eu uso as bananas em bolos, pudins e vitaminas, hummm, as vitaminas eu bato as rodelas congeladas mesmo com leite e a vitamina fica deliciosa e melhor ainda é que por estarem madurinhas nem precisa de açúcar.
Dessa vez a receita do bolo veio da cozinha da Vicentina,  receita aqui:

Receita:
3 ovos inteiros
1 xícara de chá de açúcar (ela usou mascavo, mas pode ser o refinado)
1/2 xícara de chá de óleo
1/2 xícara de chá de leite
4 bananas nanica ou prata bem maduras e amassadas c/garfo
2 xícaras de chá de farinha de trigo
1 pitadinha de sal
1 colher de sobremesa de bicarbonato (ela usou 1 colher de sopa de fermento em pó)

P/a casquinha:
2 colheres de sopa de açúcar refinado e 1 colher de sopa de canela em pó

Modo:
Amasse as bananas e reserve...
N/tigela bata os ovos com o açúcar por 2 minutos p/ficar bem aerado, isso vai deixar o bolo bem fofinho. Junte o óleo, o leite, o sal e as bananas amassadas misturando bem. Acrescente a farinha de trigo misturando delicadamente até que fique uma massa homogênea e por último coloque o fermento em pó. Passe a massa p/uma forma untada e polvilhada com uma mistura de açúcar e canela e leve ao forno 180º preaquecido por +- 30 minutos ou até que no teste do palito ele saia limpo...

OBS:
Minha falta de atenção na receita:
1- Usei farinha de trigo com fermento
2- Usei na massa a mistura das 2 colheres de sopa de açúcar refinado com 1 colher de sopa de canela em pó que seria p/cobertura e aí vendo o erro, acrescentei na massa + 3 colheres de sopa bem cheias de açúcar mascavo substituindo assim a xícara de chá de açúcar da receita original
3- Fiz outra mistura de açúcar e canela p/usar na cobertura


DUAS FORMAS  DIFERENTES P/DESENFORMAR, FICA A GOSTO (casquinha p/cima ou p/baixo)






RESULTADO DA CONFUSÃO:
Meu bolo não ficou um bolo fofinho, ficou tipo um bolo com a textura de um pudim mais fofinho,
maaaaaaaaaaaas ficou bem bonito com a casquinha e o mais importante é que ficou delicioso e sumiu rapidinho kkkkk





















sexta-feira, 21 de setembro de 2018

COXINHAS DAS ASAS c/batatas ao molho e arroz c/repolho

Precisei me ausentar um pouquinho, mas já estou chegando bem de mansinho e p/compensar a ausência deixo essa dica p/o FDS:
Essas coxinhas são tão deliciosas quando assadas que a gente até esquece que são também gordurosas, mas como em toda boa dieta  existe o "de vez em quando até pode kk", então a gente  se delicia com a gostosura.

Receita:
1 kg de drumet (coxinhas das asas)
Temperei  com:
Alho, sal, molho de pimenta, pimenta do reino, páprica picante, molho inglês, colorau, 1 sachê de caldo de galinha, louro em pó, salsinha desidratada, suco de limão e 2 colheres de sopa de cachaça. 
Dica:
Eu tempero de um dia (noite p/manhã) p/outro pq gosto do tempero bem picante e bem apurado, mas pode deixar descansando na marinada por umas 2 horas que já pega bem o sabor 

Modo: 
No dia seguinte coloquei no saco Assarápido (já expliquei como uso em diversas receitas) e levei ao forno 180º preaquecido por +- 1 hora...
Depois de 1 hora, retirei do forno, abri o saco (com cuidado por causa do vapor), retirei um pouco do caldo formado e reservei. Reguei bem as coxinhas com o caldo restante na assadeira e voltei com elas ao forno até chegar no ponto delas ficarem macias e douradinhas...
Retirei as coxinhas e reservei o saco aberto ainda na assadeira...
P/as batatas:
5 batatas médias cortadas em pedaços médios/pequenos, cozidos bem al'dente em água e sal
Na assadeira reservada com o saco aberto, coloquei +- 1 colher de sopa de água e +- 2 colheres de sopa de molho de tomate (usei o molho de pizza p/aproveitar pq tinha usado em outra receita) e deixei descansando por +- 10 minutinhos p/dissolver um pouco a crosta formada na assadeira. Coloquei então os pedaços das batatas, besuntei bem com o molho formado e levei ao forno 200º até elas ficarem douradinhas (dei uma mexida na metade do tempo de forno). Retirei e servi com as coxinhas...


P/o arroz:
Dourei levemente 1 dente de alho (grande), acrescentei repolho cortado grosseiramente (sem o talo grosso) em quantidade a gosto, dei uma leve refogada, juntei o arroz (usei 1 xícara), temperei com sal refogando bem em fogo médio. Adicionei a água (fria) em quantidade menor do que a de costume e passei o fogo p/alto deixando até levantar fervura. Nesse ponto passei o fogo p/baixo deixando até a água secar e o arroz estar no ponto certo...
Dica:
Quando o arroz fica quase seco, eu dou uma mexida, verifico o cozimento e se necessário coloco + um pouquinho de água até chegar no ponto certo




Acompanhou:
Farofa de cebola (RECEITA AQUI) e uma salada com alface, beterraba, tomate, cebola, azeitonas e ovo cozido. Também acompanhou uns petisquinhos, receita aqui:
https://piteisdadinha.blogspot.com/2018/08/petisquinhos-com-pao-dormido.html






retirei as coxinhas e aproveitei a assadeira p/as batatas...






      antes
                         e

                                   depois


sexta-feira, 14 de setembro de 2018

PIZZA GOURMET DA TERESA

E qual a dica  p/o FDS?
Uma pizza deliciosa!

Volta e meia eu pego carona n/receitinha da Teresa pq já tenho a certeza de que a receita vai dar muito certo e foi exatamente isso que aconteceu com essa pizza. Como eu tinha comprado uma embalagem de fermento biológico fresco com 4 cubinhos e só tinha usado 2, resolvi usar em uma pizza, mas também queria uma receita diferente da que eu faço sempre e claro, fui direto dar aquela espiadinha no blog da Teresa.  P/quem ainda não conhece o blog dela, vou deixar aqui o link e o convite p/que vcs passem por lá p/confirmar o que eu digo. 
Link:

GENTE, imagina uma pizza tipo a de pizzaria, faz realmente jus ao título de gourmet kkk

Aqui a receita original com as minhas alterações:
Usei xícara de 240ml
1 sachê de fermento biológico seco (usei 2 tabletes de 15g cada do fermento biológico fresco)
2 colheres de chá de açúcar
1 xícara de chá de água morna
1/4 de xícara de chá de gordura vegetal ou manteiga (usei um pouco + de 1/4 de xícara  de chá da margarina culinária PRIMOR, a de tablete )
3 a 4 xícaras de chá de farinha de trigo (usei mesmo as 4 xícaras de chá e + um pouco p/enfarinhar a superfície)
2 colheres de chá de sal
2 colheres de sopa de cachaça
Azeite p/untar a bacia (enfarinhei)



AQUI O MEU MODO COM AS ALTERAÇÕES NA RECEITA:
Dissolvi os 2 tabletes de fermento fresco com 2 colheres de chá de açúcar. Juntei 1 xícara de chá (240ml) de água morna e 2 colheres de sopa (cheias) de farinha de trigo, misturei bem, cobri com um pano de prato e deixei descansando por 15 minutos...




Depois dos 15 minutos adicionei a metade da farinha de trigo (2 xícaras de chá) e sempre misturando acrescentei 2 colheres de chá de sal, 2 colheres de sopa de cachaça, misturei bem, coloquei a margarina (um pouco mais de 1/4 de xícara de chá) e aí sim, fui acrescentando o restante da farinha de trigo misturando muito bem.  Passei a massa p/uma superfície enfarinhada sovando muito bem (+- 10 minutos)...


Voltei com a massa p/a tigela enfarinhada deixando descansar coberta por 1 hora...
Depois de 1 hora abri a massa nas próprias formas, dei uma pré-assada por +- 10 minutinhos, deixei esfriar, coloquei bastante molho de tomate (usei caseiro), fatias de linguiça calabresa (já escaldada inteira) sem pele, fatias de pimentões verde e vermelho, fatias de cebola, orégano e muçarela ralada. Na hora de assar coloquei também muçarela fatiada...

DICA:
Como eu fiz a pizza p/aproveitar o fermento, assei 3 pequenas e congelei o restante delas...

MODO DA RECEITA ORIGINAL:
Misture o fermento com a água e o açúcar. Adicione a farinha com o sal e a cachaça e bata na batedeira usando o gancho p/massa até que fique uma massa lisa e que desgrude das laterais da tigela. Unte uma bacia com azeite, coloque a massa, cubra e deixe crescer por 1 hora...
Depois de 1 hora  passe a massa p/uma superfície enfarinhada, corte-a ao meio formando 2 bolas, cubra e deixe descansar por mais 15 minutos...



Obs:
No modo não tem o momento da gordura ou manteiga, mas a Teresa ia acertar, então é só dar uma conferida no blog dela ok?
Abra a massa e recheie a seu gosto 
Rende 2 pizzas grandes




MODO:
















RENDIMENTO:
6 formas P= 12 cm de diâmetro
1 forma M= 25cm   "       "
1 forma G= 30 cm   "       "
a forma que falta eu levei p/assar







1 pãozinho p/ver se dava certo...






      E DEU MUITO CERTO






Lanche na casa da tia é sempre muito divertido e ainda teve direito a pastelzinho, bolo e outras delícias mais

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...