sexta-feira, 27 de julho de 2018

COSTELA MALUCA NA PRESSÃO c/farofa, couve c/torresmo e saladinha

Se vc está procurando uma sugestão p/o FDS, que tal essa?
Há algum tempo eu postei uma costela assada com polenta frita que ficou uma delícia, pois é , quando eu comprei a costela, que diga-se de passagem estava maravilhosa, o açougueiro me serviu uma quantidade maior do que a que eu havia pedido e eu tive que congelar uma parte,  parte essa que depois de descongelada me rendeu essa costela "maluca"  igualmente deliciosa.

As fotos não ficaram boas e eu nem ia postar (a receita estava guardadinha), mas agora lembrando bem, eu achei que a costela ficou tão deliciosa que resolvi postar assim mesmo. Vai que alguém tem uma costela em casa e queira fazer né?

Eu já postei uma receita de carne maluca, mas a costela eu fiz com algumas alterações. A receita da carne vc encontra aqui:
https://piteisdadinha.blogspot.com.br/2014/04/carne-maluca-na-cerveja-simplesmente.html
Aqui o link da costela com polenta frita:
https://piteisdadinha.blogspot.com/2017/11/costela-com-polenta-frita-e-couve.html


Receita:
+- 1 kg de  costela bovina
Temperei com alho, sal, molho de pimenta, shoyu, molho inglês, cominho, louro e vinagre. Deixei na geladeira de um dia p/outro...
2 tomates picados
1/2  pimentão verde e 1/2 vermelho picados
1 cebola grande cortada em pétalas
2 dentes de alho socados
1 colher de sopa cheia de extrato de tomate
1/2 lata de cerveja preta (usei a PETRA)
Salsinha picada
Sal a gosto

Modo:
Aqueci 1 colher de sopa rasa de óleo n/panela de pressão, acrescentei os pedaços da costela  (sequei os pedaços com papel toalha p/não criar muito líquido) deixando em fogo alto até a carne dourar (sem mexer também p/não criar muito líquido), depois virei de lado deixando dourar também. Depois da carne douradinha, acrescentei o alho socado deixando dourar levemente. Adicionei os tomates, os pimentões, a cebola em pétalas, o extrato de tomate, a salsinha, a cerveja, acertei o sal, misturei bem, tampei a panela e levei ao fogo alto até a panela começar chiar. Passei p/o fogo baixo deixando por 30 minutos...
Depois dos 30 minutos, retirei a pressão da panela, verifiquei o cozimento e precisei deixar por mais 15 minutinhos depois da panela CHIAR...
Com a costela já bem macia retirei da panela e reservei...
OBS:
Dependendo da carne que usar, se sentir cheiro de queimado, abra a panela depois de retirar a pressão e verifique...

Ao molho formado na panela acrescentei 3 batatas (usei a asterix)  médias cortadas cada uma em 4 partes e deixei em  fogo baixo (SEM A PRESSÃO) até elas ficarem cozidas  al'dente


P/couve:
Fritei cubos de bacon, adicionei alho socadinho deixando dourar levemente e couve de brócolis (tipo à mineira), temperei com sal a gosto.
Acompanhou:
Arroz branco, farofa de cebola  e uma saladinha de tomate, cebola roxa, ovos cozidos e azeitonas AZAPA.












Aqui mostrando  a costela na marinada:       


quarta-feira, 25 de julho de 2018

TORTA DE ABOBRINHA DE LIQUIDIFICADOR c/acompanhamentos deliciosos

Mesmo eu não gostando de abobrinha ela aparece por aqui em diversas receitas. Essa é mais uma das receitas que eu preparo p/ver se chego no ponto de poder dizer que sou fã da dita cuja e essa torta é do rol daquelas receitas  que fazem sucesso mesmo com quem não é fã, assim como eu kk.
Encontrei essa delícia aqui:
Receita (usei xícara de 200ml):

Massa:
2 xícaras de chá de farinha de trigo com fermento  (se usar a farinha sem fermento use 1 colher de sopa do fermento em pó)......usei a farinha com fermento 
50g de queijo ralado
1 xícara de chá de óleo 
1 e 1/2 xícara de chá de leite
4 gemas
4 claras em neve
1 punhado de cheiro Verde (usei salsinha)
1/2 colher de sopa de sal

Recheio:
2 abobrinhas picadas
1 cebola picada
1 dente de alho socadinho 
1 cubo de caldo de galinha
200g de muçarela ralada
100g de presunto picadinho
Cheiro verde a gosto


Modo do recheio:
1- Dourei o alho n/fio de óleo, acrescentei a cebola e refoguei. Juntei as abobrinhas picadas e o caldo de galinha bem esfarelado e refoguei deixando em fogo baixo apenas por uns minutinhos (é só p/dar uma leve refogada)...
Minha dica:
Como a abobrinha cria muito líquido e como ela é p/ser usada no recheio sem ele, enquanto eu separava os ingredientes da massa, picava e ralava o presunto e a muçarela, deixei o refogado n/escorredor p/retirar o excesso de líquido deixando também esfriar p/usar no recheio...


Modo da massa:
Bati no liquidificador o leite, as gemas e o óleo, juntei  o sal e a farinha de trigo e bati só p/misturar. Passei a mistura p/uma tigela e acrescentei a salsinha, o queijo ralado e as claras em neve misturando delicadamente...
Minha dica:
Caso use a farinha sem fermento, acrescente o fermento (1colher de sopa) por último apenas misturando delicadamente



Montagem:
Coloquei metade da massa n/forma untada e enfarinhada, por cima o refogado da abobrinha, o presunto picadinho, a muçarela ralada e salsinha picada, cobri com o restante da massa, polvilhei com um pouco de uma mistura de parmesão ralado e muçarela ralada e levei ao forno 180 graus por +- 50 minutos (na receita diz 35, mas no meu forno levou 55)




P/o inhame assado:
Vi essa dica (AQUI)
2 inhames cortados em fatias +- grossas e cozidas bem al'dente em água e sal
Forrei uma assadeira pequena  com papel manteiga, untei com azeite, coloquei as fatias n/camada só, reguei c/mais um pouco de azeite, polviilhei com alecrim (seco), pimenta do reino, páprica picante e salsinha desidratada. Levei ao forno alto até dourar levemente...






                AQUI MOSTRANDO A DELÍCIA...












Acompanhou:
Arroz branco, iscas de contrafilé aceboladas e  saladinha de alface, tomate, pepino em conserva e azeitonas












































segunda-feira, 23 de julho de 2018

ABÓBORA ASSADA delícia c/sardinha frita e salada

Ando um pouco sumida, mas vou tentando colocar o blog em ordem. Aproveito p/desejar uma ótima tarde e uma semana de sucesso e abençoada p/todos!
Às vezes a gente vê a mesma receita em diversos blogs, salva e vai adiando, adiando e adiando p/preparar mesmo tendo todos os ingredientes. Um dia de repente a pessoa resolve preparar e aí percebe que perdeu muito tempo p/descobrir que a receita é deliciosa.
Depois de ver muitas receitas resolvi preparar uma no meu modo e saiu assim:

Receita do almocinho de hoje:
Abóbora em fatias pequenas  (usei a japonesa ou cabotiá como é chamada)
Minha dica: Quantidade a gosto e fatias com largura de +- 2 dedos de largura
Azeite (QB)  p/untar a assadeira e p/regar a abóbora
Alecrim e orégano a gosto p/polvilhar
Pimenta do reino a gosto p/polvilhar
Dentes de alho inteiros (usei uns inteiros e uns sem cascas)
Sal a gosto








Modo:
Forrei uma assadeira com papel alumínio, untei com azeite, coloquei os pedaços de abóbora em uma só camada, os dentes de alho e reguei com azeite. Polvilhei as ervas, a pimenta do reino e o sal. Levei ao forno preaquecido  200º  até ficar cozidinha, mas sem desmanchar. Depois de pronta passei p/uma travessa de servir e reguei com mais azeite.





Aqui mostrando que a abóbora ficou cozidinha e e que deu um belo acompanhamento p/uma sardinha frita deliciosa...






MODO DE PREPARO                          



...antes de ir ao forno

depois do forno...








...já prontinha



                                             

quarta-feira, 18 de julho de 2018

FILÉ DE PEITO DE FRANGO RECHEADO COM BACON e tagliatelle

Há pouco tempo, depois de um forte temporal  ficamos sem luz por +- 40 horas (muitos de vcs ainda devem lembrar disso) e aí quando eu percebi que algumas carnes já estavam começando a descongelar, o modo que encontrei p/não perder tudo que estava  congelado foi preparar  os alimentos p/que pudessem voltar p/o freezer depois de normalizada a situação. Um dos pratos que preparei foi o desse filé recheado, que por sorte eu servi n/dia que estava gripadíssima e sem a menor vontade de cozinhar.

Meu modo:
1/2 kg de Filé de peito de frango
Cortei os filés ao meio deixando-os um pouco mais finos...
Temperei os filés com alho, sal, shoyu, molho de pimenta, cominho e limão. Deixei nessa marinada por +- 30 minutos...
Depois dos 30 minutos,  retirei os filés da marinada,  coloquei fatias de bacon em cada, enrolei como rocambole prendendo os mesmos com palitos (reservei a marinada)...
Coloquei 1 colher de sopa de óleo n/panela deixando aquecer em fogo médio. Coloquei os filés na panela com o óleo já aquecido deixando ainda em fogo médio até ficarem bem douradinhos, nesse ponto acrescentei a marinada passando o fogo p/baixo até a marinada secar e a carne continuar a dourar. Fui acrescentando água fervente aos pouquinhos sempre que a carne secava e dourava até os filés ficarem macios, mas al'dente. Nesse ponto, retirei os filés da panela, deixei esfriar, retirei os palitos e congelei...

Na mesma panela que preparei o frango, coloquei um pouco de água fervente, mexi bem aproveitando toda a crosta formada na panela, deixei esfriar e coloquei o caldo n/potinho p/ ser congelado à parte...


OBS:
Pode pular a etapa do congelamento se for p/servir no mesmo dia


No dia de servir:
N/panela com um fio de óleo dourei levemente 1 dente de alho, juntei tomate sem pele e sem sementes em cubinhos, cebola  em cubinhos e extrato de tomate (tudo a gosto) refogando bem. Acrescentei os filés recheados já descongelados deixando dourar mais um pouco nesse refogado. Juntei então o caldo do cozimento dos filés já descongelado, deixando em fogo baixo até terminar o cozimento da carne e formar um molho apurado p/ser servido com a massa  (precisou de + um pouco de água fervente). Acertei o sal e reservei...





P/a massa:
+- 300g de tagliatelle cozido al'dente em água e sal



P/servir:
Coloquei a massa n/refratário, sobre ela os filés já cortados em fatias grossas com o molho e servi...









segunda-feira, 16 de julho de 2018

BOLO DE ABÓBORA/ABOBRINHA PAULISTA COM COCO (tipo pudim)

Um dia desses eu comprei 2 abóboras paulistas (pequenas) só pq achei muito bonitinhas e pensei logo em prepará-las com carne seca. Como eu nunca tinha usado esse tipo de abóbora, depois delas abertas eu vi que tinha me enganado com a cor e p/falar a verdade não "simpatizei" muito com elas, daí p/compensar a minha desilusão  resolvi experimentar n/bolo pegando carona na receita do bolo de aipim da REGINA e não é que o bolo ficou delicioso. Ficou como eu disse na receita do bolo de aipim "um bolo tipo pudim ou um pudim sem calda tipo um bolo". Como a receita foi aprovada, agora vou querer experimentar com outros tipos de abóbora...
As abóboras eram muito clarinhas e foi o que me desanimou, mas o bolo ficou com uma cor linda.
Aqui a receita do bolo de aipim:

Como eu preparei:
(usei como medida xícara de 200ml e p/colher usei daquelas próprias p/medidas de plástico)
1 lata de leite condensado
3 ovos
1 e 1/2 xícaras de chá das abóboras cozidas e amassadas ainda quentes com um garfo
200ml de leite de coco
10 colheres de sopa de farinha de trigo (usei p/medir 1 colher medida de plástico nivelada)
2 colheres de sopa cheias de margarina
1 xícara de chá de coco fresco ralado
2 colheres de sopa de queijo ralado
2 colheres de sopa de fermento em pó

Modo:
Bati muito bem no liquidificador os ovos, o leite de coco, o leite condensado, a margarina e a farinha de trigo, depois acrescentei a abóbora amassada e o queijo ralado batendo bem. Passei a mistura p/uma tigela, acrescentei o coco ralado e o fermento em pó misturando delicadamente. Coloquei a massa nas/formas (usei 2 de buraco) untadas e enfarinhadas e levei ao forno preaquecido por +- 45 minutos (meu forno é lento)...
Deixei amornar bem p/desenformar...


Minhas dicas:
Usei 2 formas  pq a massa crua rende bem e a forma menor vcs já sabem p/que é né? kkk
1 forma = 21 cm de diâmetro  e a outra com 18 cm
Peso das  2 abóboras que comprei e que me renderam 1 e 1/2 xícara de 200ml = 650g
Usei só 3 ovos, no do aipim levou 4
A abóbora paulista não é tão aguada como a abóbora de pescoço ou a abobrinha verde


AQUI O BOLO QUE FOI PREPARADO NA FORMA MENOR...









AQUI MOSTRANDO QUE O BOLO CRESCEU E DEPOIS MURCHOU (igual o de aipim)...











AQUI MOSTRANDO A TEXTURA DA MASSA AINDA COM PEDACINHOS DE COCO...









...colher medida que usei


    1 xícara da abobrinha já amassada...


...1/2 xícara da abobrinha já amassada

O bolo na forma esperando amornar p/desenformar...





...O bolo preparado na forma maior


        O bolo preparado na forma menor...   


      





P/QUEM NÃO CONHECE ESSA É A ABOBRINHA PAULISTA

sexta-feira, 13 de julho de 2018

FEIJÃO BRANCO COM CARNE SECA, LINGUIÇA, ABÓBORA E COUVE

Hoje estou passando um pouco mais cedo p/deixar essa sugestão p/o FDS e desejar a todos que ele seja de paz e alegrias p/todos nós!
Como eu  tinha +- 250g de feijão branco (sobra de outra receita) na despensa só esperando um dia de inspiração p/ser usado, e como essa tal inspiração não aparecia nunca, eu resolvi então preparar o feijão de qualquer modo p/evitar que ele fosse p/o lixo. Na geladeira também estava uma metade de abóbora que tinha sobrado de uma salada, lembram da salada (RECEITA AQUI)?
Juntando os 2 ingredientes e ainda lembrando que tinha carne seca, linguiça e couve no freezer, decidi juntar tudo e o resultado foi esse almocinho  super delicioso.

OBS:
PREFERI DEIXAR O FEIJÃO QUASE QUE SEM CALDO P/SERVIR (QUASE) TIPO UMA SALADA COM SALGADOS 

Receita:
+- 250g de feijão branco
8 pedaços pequenos de carne seca dessalgados
1/2 gomo de linguiça calabresa cortada em rodelas
Alho (1 dente socado), cebola(1/3 de 1 pequena picadinha) e louro (1 folha pequena)
Sal e pimenta do reino a gosto
Água fervente (QB)
Abóbora em cubos (usei a baiana)
Couve fatiada tipo à mineira
Dica: Deixei p/acertar o sal e acrescentar a pimenta no final
Modo:
Coloquei n/panela o feijão, a carne seca, o alho, a cebola e o louro. Acrescentei água fervente (+-3 dedos acima do feijão) e deixei em fogo baixo acrescentando água fervente sempre que necessário.
Quando o feijão já estava ficando cozido, mas ainda bem al'dente, eu retirei a carne seca e uma parte do caldo (sem o feijão) e terminei o cozimento da carne n/panela de pressão (p/não desmanchar o feijão que é mais macio que a carne, mas ele já tinha pego bastante sabor).
Com a carne já cozida, voltei com ela p/panela reservada com o feijão, continuando em fogo baixo.
À parte preparei um refogado...

P/o refogado usei:
1 dente de alho
1 colher de sopa de óleo
1 tomate pequeno sem sementes picado
Pimentões coloridos a gosto fatiados (verde, vermelho e amarelo)
1/2 cebola pequena fatiada
Modo:
Dourei o alho no óleo, juntei o tomate, os pimentões, a cebola e refoguei bem. Juntei esse refogado ao feijão.
Com o feijão já cozido e refogado, acertei o sal, acrescentei 1 pitada de pimenta do reino, retirei uma parte do caldo e passei p/uma panela pequena. Nessa panela coloquei cubos de abóbora e a couve fatiadinha tipo à mineira. Deixei em fogo baixo, até ficarem cozidas al'dente.


Acompanhou a farofinha com a receita da irmã da Anajá:
2 colheres de sopa de margarina (usei manteiga MOCOCA)
Sal e pimenta do reino a gosto
2 colheres de chá de colorau
1 xícara de chá de farinha de mandioca
Dourei o alho na manteiga, juntei a pimenta, o colorau e o sal, refoguei e acrescentei a farinha mexendo sempre em fogo baixo.
Dica minha:
Não medi a farinha pq eu gosto da farofa úmida, então fui colocando até chegar no ponto desejado.




  Dá p/notar que ficou delicioso né? kk

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...