domingo, 24 de maio de 2020

FEIJÃO BRANCO tipo tripa lombeira

Pelo que eu  lembro até um tempinho atrás, tripa (bucho) era  tão baratinha que era considerada comida de pobre, hoje o preço se iguala a uma carne de primeira em dia de promoção. Preço hoje no mercado = +- R$20,00, mas p/fazer um feijãozinho delicioso como esse eu pagaria até o dobro kkk.

Receita:

1/2kg de feijão branco
+- 400g de tripa
Lombo salgado
Costelinha salgada
1 Paio em rodelas
2 dentes de alho socados + 1 grande p/o refogado
1/2 cebola pequena picada p/o feijão e + 1/2 p/o refogado
1 folha de louro
1 tomate sem sementes
Pimentão a gosto picadinho
Colorau a gosto
Pimenta do reino a gosto
1 cenoura média/grande em rodelas
3 batatas médias cortadas em cubos médios


Modo:
Como o feijão branco cozinha muito rápido, eu dessalguei o lombo e a costelinha deixando-os já pré-cozidos (ainda bem al'dente) e o paio levemente aferventado...
A tripa também foi colocada no feijão já pré-cozida (bem al'dente)

Coloquei n/panela o feijão branco com água suficiente p/o cozimento, o alho socado, a cebola picada e 1 folha de louro. Deixei em fogo alto até ferver, passei depois p/o baixo deixando assim por +- 5 minutos antes de colocar os salgados com a tripa...





Dicas:
Se os salgados ficarem bem cozidos antes do feijão retire-os da panela...
Se o feijão ficar cozido antes dos salgados, coloque + um pouco de água fervente na panela, passe o caldo p/outra panela junto com os salgados deixando em fogo baixo até que fiquem cozidos a gosto...





P/o refogado:
Dourei 1 dente de alho em um fio de óleo, juntei o tomate, o pimentão e a cebola picados refogando bem. Acrescentei o colorau e a pimenta do reino misturando bem, adicionei água fervente (suficiente p/um leve cozimento da cenoura e das batatas (bem, bem al'dente), acertei o sal deixando em fogo baixo apenas por uns minutinhos. Retirei a panela do fogo, juntando então todo o refogado ao feijão já cozido. Deixei em fogo baixo somente por uns minutinhos, deixando então a cenoura e as batatas terminarem o cozimento com o fogo já desligado e com a panela tampada... 








Acompanhou:
Arroz branco, couve à mineira, farofa e uma pimentinha









Bom demais, hummmmmm!
P/quem gosta, a pimentinha dá um toque todo  especial ao prato

quarta-feira, 20 de maio de 2020

COPA LOMBO, quibebe e um refogadinho especial

Eu nunca tinha experimentado copa lombo fresca e p/falar a verdade eu nem sabia que era vendida pq só conhecia a defumada, até que chegando no mercado encontrei um pedaço bom e na medida certa p/quem só queria experimentar, o que era o meu caso e claro que comprei mesmo sem saber como preparar. Depois de encontrar diversas receitas na internet resolvi preparar do meu modo, ou melhor, do modo que eu achei que ia dar mais certo e ficou assim:


Receita do meu modo:
1/2 kg de copa lombo em 2 peças +- finas
Temperei com alho, sal, shoyu, molho inglês, tempero baiano, pimenta do reino, louro, vinagre e limão (1/2 a 1/2). Deixei descansando por 2 horas...
2 colheres de sopa de margarina SABOR MANTEIGA ( uso Vigor)

Modo:
Coloquei as peças com a marinada n/assadeira forrada com papel alumínio e levei ao forno 250º
preaquecido por +- 1 hora, virando as peças e regando com a marinada na metade do tempo...
Retirei do forno e como elas não estavam douradinhas como eu gosto, resolvi colocar 2 colheres de sopa de margarina SABOR MANTEIGA n/ frigideira e com a margarina já aquecida coloquei as peças deixando fritar levemente. Hummm, aí sim, ficaram douradinhas a meu gosto e com um sabor maravilhoso da margarina amanteigada...

P/o refogado especial, só que não p/algumas pessoas né? kkkkk
Quiabo
Lavo bem, retiro as cabeças e os rabinhos, coloco n/escorredor p/escorrer e secar ou seco mesmo com papel  toalha, isso é p/o quiabo não deixar baba. Depois de sequinhos cortei em pedaços médios e reservei...
Maxixe 
Descascados e cortados cada um em 3 pedaços
Jiló
Sem os cabinhos e cortados tb cada um em 3 pedaços
Dica:
Jiló tem que ser usado assim que corta ou então deixado de molho p/que não escureça

Modo:
Dourei levemente 1 dente de alho em 1 colher de sopa de óleo, acrescentei tomate, cebola e pimentão picados, refoguei, temperei com sal, pimenta do reino e tempero baiano, juntei os quiabos, maxixes e jilós, dei uma misturada, tampei a panela deixando em fogo baixo até ficarem cozidos al'dente...

Dicas:
1-Não coloco água, mas caso seja necessário é só colocar bem aos pouquinhos
2-Quando coloco na panela misturo e depois não misturo mais, só dou umas sacudidinhas na panela

P/o quibebe (aproveitando sobra da abóbora de outra receita):  
Cozinhei pedaços de abóbora em água e sal (eu gosto mesmo da abóbora baiana, mas dessa vez usei a japonesa)...
Depois dos pedaços cozidos escorri, amassei bem com um garfo e reservei...
Dourei levemente 1 dentinho de alho e cebola a gosto bem picadinha em 1 colher de sopa de azeite, acrescentei  a abóbora já amassadinha, temperei com sal e pimenta do reino, misturei bem deixando em fogo baixo por alguns minutos, adicionei cebolinha verde picada, continuando em fogo baixo e sempre mexendo por mais alguns minutos...


Acompanhou:
Arroz branco, saladinha de alface e outra com rodelas de tomate, cebola e pepino, temperadas com sal, vinagre e azeite



















Eu experimentei e gostei muito da COPA lombo, então sugiro que quem não gosta de quiabo, maxixe e jiló, também experimente o refogado pq com certeza vai mudar de opinião...

domingo, 17 de maio de 2020

DOCINHOS DE MAÇÃ QUEBRA galho (2)

Quando a gente não pode sair muito de casa por causa da pandemia o que mais faz é pensar em coisinhas gostosas p/comer e passar o tempo, mas aí depois vem a culpa. Isso tem acontecido com vcs também? 
Isso aconteceu por aqui o tempo todo e aí fui intercalando com algumas sobremesas beeeeeem deliciosas e outras tipo "quebra galho" como essas.  Nessas aproveitei as poucas vezes de poder ir ao mercado e o preço bem baratinho daquelas maçãzinhas que vem n/saco "maçãs do Beni". Aqui tenho comprado o saco com 800g  por R$2,85...
Peguei carona n/doce de maçã na pressão que já  postei aqui, mas como não quis colocar açúcar p/diminuir a culpa, preparei n/modo um pouco diferente. Aqui os links dos doces já postados, meus e da Oslaine (da Oslaine só p/ver a foto pq infelizmente ela deixou o blog que era maravilhoso):

OBS:
EU NEM IA POSTAR, MAS COMO QUEBROU TANTO O GALHO RESOLVI POSTAR...

Como tenho preparado os docinhos p/não ficar com culpa:
Xícara = 240ml
1º:
Como eu não tinha suco de uva, lembrei de um refresco que minha avó fazia com vinho e o doce ficou assim:
8 maçãs pequenas (maçãs do Beni)
Vinho tinto 1/2 xícara de chá
Água 1/2 xícara de chá
1 pauzinho de canela
Cravos a gosto
Adoçante ou açúcar
  

Modo:
Descasquei as maçãs preservando os cabinhos, coloquei na panela de pressão com os demais ingredientes deixando em fogo baixo por 3 minutinhos depois de chiar. Retirei do fogo deixando a panela tampada até esfriar totalmente...
Depois de fria abri a panela, verifiquei o cozimento e achei que ainda não estava n/ponto certo p/mim, aí virei as maçãs de lado p/pegar cor e voltei com a panela p/o fogo deixando por + 3 minutinhos depois de chiar, retirei do fogo e deixei esfriar novamente...





Dicas:
1- A quantidade total de líquido que usei na receita foi de 1 xícara no 1/2 a 1/2, mas vc pode ir provando e acertando ao seu gosto, se coloca mais vinho ou mais água p/totalizar 1 xícara de chá (240ml)...
2- Nas receitas dos doces nos links acima não leva água pq o açúcar com as maçãs já forma uma calda...
3- O tempo que coloquei foi p/maçãs inteiras, em pedaços (como nas fotos do link) retira assim que chiar e deixa esfriar...
4- As maçãs que usei não estavam bem madurinhas, elas bem maduras levam menos tempo no fogo




Vamos combinar que não é nenhum pudiiiiiim ou pavê, mas que quebra um galho, quebra ...

















...Aqui quando virei de lado














2º:
As mesmas maçãs tipo do Beni, não contei quantas
Descasquei as maçãs, cortei em metades, coloquei n/ panela comum (não a de pressão), acrescentei o adoçante a gosto (ou açúcar), +- 3 colheres de sopa de água, 3 gotinhas de limão e misturei bem.  Por último polvilhei canela em pó a gosto, tampei a panela e fui verificado o ponto de cozimento que fica a gosto (se necessário acrescentar + um pouquinho de água)
























terça-feira, 12 de maio de 2020

BIFÃO DE CORAÇÃO DA ALCATRA c/molho especial e batatinhas salteadas no azeite

Tem dias que eu tenho preguiça de fritar bife por bife e aí prefiro fritar n/bifão, mas não só por isso, é pq eu também acho que n/bifão a carne fica mais suculenta e quando coloca um molhão por cima, hummmm, aí fica perfeito...

Receita:
1 peça de coração da alcatra cortada n/bifão
Temperei com alho socadinho e pimenta do reino, deixei descansando por uns 10 minutinhos antes de fritar...

Coloquei 1 colher de sopa de óleo n/frigideira antiaderente de fundo grosso deixando aquecer bem. Coloquei o bifão, salpiquei o sal e deixei dourar bem. Virei de lado, polvilhei o sal deixando então dourar rapidamente. Retirei da frigideira e reservei...
Na mesma frigideira coloquei tomate, cebola e pimentões coloridos a gosto e fatiados refogando até ficarem levemente macios, acrescentei ervilhas a gosto, presunto fatiado a gosto e azeitonas pretas também a gosto, temperei com
sal e pimenta do reino, mexi por alguns minutinhos, retirei e coloquei o molho delicioso sobre o bifão reservado n/travessa e levei p/servir...



P/farofa:
P/aproveitar uma crostinha formada na frigideira usada no bife e ainda com o gostinho dos ingredientes usados no molho, acrescentei 2 colheres de sopa cheias de margarina sabor manteiga e fui acrescentando farinha de milho sempre aos poucos e em fogo baixo até chegar n/ponto desejado e sem gosto de farinha crua. Temperei com sal, pimenta do reino e polvilhei
salsinha picada. Hummm, ficou uma delícia...




P/as batatas:
Batatinhas tipo bolinha cozidas com as cascas bem al'dente em água e sal (mesmo com cascas, eu coloco sal na água)...
Descasquei as batatinhas e reservei...
Coloquei azeite n/frigideira antiaderente e fui salteando as batatinhas até elas ficarem douradinhas e ainda firmes. Passei p/uma travessa e levei p/servir...








Acompanhou:
Feijão (uso preto e vermelho misturados), arroz
branco e saladinha de alface



Dica:
Sirvo sempre o feijão n/tigelinha à parte









Aproveitei quase metade de um pão de forma próximo do vencimento nessas torradinhas.Fiz assim:
Passei margarina em cada fatia de pão, depois cortei em tamanho a gosto, coloquei n/assadeira em uma camada só, polvilhei em cada uma orégano, tempero baiano e salsinha desidratada e levei ao forno 180º até ficarem bem douradinhas. AMO, AMO e AMO TORRADINHAS!











































sábado, 9 de maio de 2020

BOLO PÃO DE QUEIJO RECHEADO DA JU

Espero que amanhã todas as mães tenham um "DIA DAS MÃES" diferente, mas não menos especial do que os anteriores e com a esperança e a certeza de que "VAI PASSAR"
Bjss p/todas

Eu já fiz um bolo pão de queijo também muito delicioso receita da Teresa do Tereteê, mas ainda não postei e quando encontrei a receita desse bolo n/vídeo da Ju, pensei "se bolo pão de queijo já é muito bom, recheado então deve ser "muito mais que bom kkk", aí eu não podia perder e corri p/preparar. 
Aqui o link da JU, p/quem não conhece, passa lá p/conhecer pq a Ju é uma menina simplesmente maravilhosa:

Receita  XÍCARA usada = 240ml:
P/a massa:
3 ovos
1 xícara de chá de óleo  (não muito cheia)
1 xícara de chá de leite
1 xícara de chá de farinha de trigo
2 xícaras de chá de polvilho doce ou azedo
1 pitada de sal
1 colher de sopa de fermento em pó
1 xícara de chá de queijo 1/2 cura ou parmesão ralado


P/o recheio:
Linguiça calabresa picada (eu aferventei, retirei a
pele e coloquei quantidade a gosto)
Fritei levemente os cubinhos de calabresa e reservei p/esfriar...
1 tomate sem sementes cortado em cubinhos

Modo:
Bater no liquidificador os  ovos, o óleo, o leite, a farinha de trigo, o polvilho (usei o doce) e uma pitada de sal (segundo a Ju, não bater muito pq isso deixa a massa "borrachuda"). Se ficar difícil de bater pode acrescentar + um pouquinho de leite (a Ju não precisou e nem eu). Depois de batido acrescenta  a xícara de chá de queijo ralado só misturando e por último o fermento em pó só misturando também delicadamente...

Montagem:
Coloca metade da massa n/forma untada e enfarinhada, por cima uma parte da calabresa já fritinha e fria e uma parte dos cubinhos do  tomate, cobre com a outra metade da massa e finaliza com as outras partes da calabresa e do tomate reservadas, polvilha orégano  e leva ao forno preaquecido (na receita não diz, a Ju colocou  200º e eu também). No meu forno deixei +- 40 minutos, mas o tempo vai depender de cada forno...


Queijo que usei:
Como eu não encontrei por aqui o queijo 1/2 cura, comprei o minas frescal e segui o  conselho de uma amiga mineira p/curar o queijo...
Deixei na geladeira sem cobrir  por 5 dias, a cada dia eu mudava de lado, o queijo p/ficar bem curado precisava de mais dias, mas eu usei no 5º dia e ele já estava com aquela crostinha grossa do curado e do parmesão, mas ainda bem longe do ideal. O que interessa é que o bolo ficou maravilhoso, pode ser que com o queijo meia cura ele fique mais maravilhoso ainda kkkk




DICA DA JU:
Pode trocar a  calabresa e o tomate por goiabada, hummmm. vou experimentar e depois conto p/vcs




















   
               

















                         MUITO, MUITO, MUITO BOM!!!

















                                                                               
AQUI P/MOSTRAR O QUEIJO QUASE MEIA CURA:
1º e 5º dia quando usei. Fora da geladeira acho que cura + rápido, mas sem tampar não dá, só se cobrir c/filó....

















LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...