sexta-feira, 21 de setembro de 2018

COXINHAS DAS ASAS c/batatas ao molho e arroz c/repolho

Precisei me ausentar um pouquinho, mas já estou chegando bem de mansinho e p/compensar a ausência deixo essa dica p/o FDS:
Essas coxinhas são tão deliciosas quando assadas que a gente até esquece que são também gordurosas, mas como em toda boa dieta  existe o "de vez em quando até pode kk", então a gente  se delicia com a gostosura.

Receita:
1 kg de drumet (coxinhas das asas)
Temperei  com:
Alho, sal, molho de pimenta, pimenta do reino, páprica picante, molho inglês, colorau, 1 sachê de caldo de galinha, louro em pó, salsinha desidratada, suco de limão e 2 colheres de sopa de cachaça. 
Dica:
Eu tempero de um dia (noite p/manhã) p/outro pq gosto do tempero bem picante e bem apurado, mas pode deixar descansando na marinada por umas 2 horas que já pega bem o sabor 

Modo: 
No dia seguinte coloquei no saco Assarápido (já expliquei como uso em diversas receitas) e levei ao forno 180º preaquecido por +- 1 hora...
Depois de 1 hora, retirei do forno, abri o saco (com cuidado por causa do vapor), retirei um pouco do caldo formado e reservei. Reguei bem as coxinhas com o caldo restante na assadeira e voltei com elas ao forno até chegar no ponto delas ficarem macias e douradinhas...
Retirei as coxinhas e reservei o saco aberto ainda na assadeira...
P/as batatas:
5 batatas médias cortadas em pedaços médios/pequenos, cozidos bem al'dente em água e sal
Na assadeira reservada com o saco aberto, coloquei +- 1 colher de sopa de água e +- 2 colheres de sopa de molho de tomate (usei o molho de pizza p/aproveitar pq tinha usado em outra receita) e deixei descansando por +- 10 minutinhos p/dissolver um pouco a crosta formada na assadeira. Coloquei então os pedaços das batatas, besuntei bem com o molho formado e levei ao forno 200º até elas ficarem douradinhas (dei uma mexida na metade do tempo de forno). Retirei e servi com as coxinhas...


P/o arroz:
Dourei levemente 1 dente de alho (grande), acrescentei repolho cortado grosseiramente (sem o talo grosso) em quantidade a gosto, dei uma leve refogada, juntei o arroz (usei 1 xícara), temperei com sal refogando bem em fogo médio. Adicionei a água (fria) em quantidade menor do que a de costume e passei o fogo p/alto deixando até levantar fervura. Nesse ponto passei o fogo p/baixo deixando até a água secar e o arroz estar no ponto certo...
Dica:
Quando o arroz fica quase seco, eu dou uma mexida, verifico o cozimento e se necessário coloco + um pouquinho de água até chegar no ponto certo




Acompanhou:
Farofa de cebola (RECEITA AQUI) e uma salada com alface, beterraba, tomate, cebola, azeitonas e ovo cozido. Também acompanhou uns petisquinhos, receita aqui:
https://piteisdadinha.blogspot.com/2018/08/petisquinhos-com-pao-dormido.html






retirei as coxinhas e aproveitei a assadeira p/as batatas...






      antes
                         e

                                   depois


sexta-feira, 14 de setembro de 2018

PIZZA GOURMET DA TERESA

E qual a dica  p/o FDS?
Uma pizza deliciosa!

Volta e meia eu pego carona n/receitinha da Teresa pq já tenho a certeza de que a receita vai dar muito certo e foi exatamente isso que aconteceu com essa pizza. Como eu tinha comprado uma embalagem de fermento biológico fresco com 4 cubinhos e só tinha usado 2, resolvi usar em uma pizza, mas também queria uma receita diferente da que eu faço sempre e claro, fui direto dar aquela espiadinha no blog da Teresa.  P/quem ainda não conhece o blog dela, vou deixar aqui o link e o convite p/que vcs passem por lá p/confirmar o que eu digo. 
Link:

GENTE, imagina uma pizza tipo a de pizzaria, faz realmente jus ao título de gourmet kkk

Aqui a receita original com as minhas alterações:
Usei xícara de 240ml
1 sachê de fermento biológico seco (usei 2 tabletes de 15g cada do fermento biológico fresco)
2 colheres de chá de açúcar
1 xícara de chá de água morna
1/4 de xícara de chá de gordura vegetal ou manteiga (usei um pouco + de 1/4 de xícara  de chá da margarina culinária PRIMOR, a de tablete )
3 a 4 xícaras de chá de farinha de trigo (usei mesmo as 4 xícaras de chá e + um pouco p/enfarinhar a superfície)
2 colheres de chá de sal
2 colheres de sopa de cachaça
Azeite p/untar a bacia (enfarinhei)



AQUI O MEU MODO COM AS ALTERAÇÕES NA RECEITA:
Dissolvi os 2 tabletes de fermento fresco com 2 colheres de chá de açúcar. Juntei 1 xícara de chá (240ml) de água morna e 2 colheres de sopa (cheias) de farinha de trigo, misturei bem, cobri com um pano de prato e deixei descansando por 15 minutos...




Depois dos 15 minutos adicionei a metade da farinha de trigo (2 xícaras de chá) e sempre misturando acrescentei 2 colheres de chá de sal, 2 colheres de sopa de cachaça, misturei bem, coloquei a margarina (um pouco mais de 1/4 de xícara de chá) e aí sim, fui acrescentando o restante da farinha de trigo misturando muito bem.  Passei a massa p/uma superfície enfarinhada sovando muito bem (+- 10 minutos)...


Voltei com a massa p/a tigela enfarinhada deixando descansar coberta por 1 hora...
Depois de 1 hora abri a massa nas próprias formas, dei uma pré-assada por +- 10 minutinhos, deixei esfriar, coloquei bastante molho de tomate (usei caseiro), fatias de linguiça calabresa (já escaldada inteira) sem pele, fatias de pimentões verde e vermelho, fatias de cebola, orégano e muçarela ralada. Na hora de assar coloquei também muçarela fatiada...

DICA:
Como eu fiz a pizza p/aproveitar o fermento, assei 3 pequenas e congelei o restante delas...

MODO DA RECEITA ORIGINAL:
Misture o fermento com a água e o açúcar. Adicione a farinha com o sal e a cachaça e bata na batedeira usando o gancho p/massa até que fique uma massa lisa e que desgrude das laterais da tigela. Unte uma bacia com azeite, coloque a massa, cubra e deixe crescer por 1 hora...
Depois de 1 hora  passe a massa p/uma superfície enfarinhada, corte-a ao meio formando 2 bolas, cubra e deixe descansar por mais 15 minutos...



Obs:
No modo não tem o momento da gordura ou manteiga, mas a Teresa ia acertar, então é só dar uma conferida no blog dela ok?
Abra a massa e recheie a seu gosto 
Rende 2 pizzas grandes




MODO:
















RENDIMENTO:
6 formas P= 12 cm de diâmetro
1 forma M= 25cm   "       "
1 forma G= 30 cm   "       "
a forma que falta eu levei p/assar







1 pãozinho p/ver se dava certo...






      E DEU MUITO CERTO






Lanche na casa da tia é sempre muito divertido e ainda teve direito a pastelzinho, bolo e outras delícias mais

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

ABOBRINHA COLORIDA c/almôndegas, purê de batata e salada

A teimosia de comprar abobrinha mesmo sem gostar, até que vem me rendendo boas refeições. Dessa vez ela foi preparada n/modo simples, mas que agradou muito e sempre que eu penso em não postar por ser bem simples, lembro que se me agradou, pode agradar também a mais alguém, daí eu posto!

Receita:
2 abobrinhas em rodelas não muito finas temperadas com sal
Pimentões coloridos fatiados
Minicebolas aferventadas  e cortadas em metades
Cubos de queijo minas
Azeitonas fatiadas
1 colher de sopa de azeite
Sal
Pimenta do Reino
+ azeite p/regar


Modo:
Grelhei as fatias das abobrinhas n/frigideira antiaderente de fundo grosso untada com azeite, passei p/um refratário de servir e reservei...


Molho: 
Dourei 1 dente de alho socadinho em 1 colher de  sopa de azeite, acrescentei os pimentões fatiados, as minicebolas, os cubos de queijo, as azeitonas, temperei com sal e a pimenta do reino, refoguei rapidamente, retirei do fogo, reguei com mais azeite e cobri com esse molho formado as abobrinhas grelhadas reservadas. Tampei o refratário e reservei assim até a hora de servir (p/pegar mais sabor)...




P/as almôndegas + Light:
+- 300g de  carne moída 
3 fatias de pão de forma umedecidas  e depois espremidas com as mãos p/retirar o excesso de líquido 
Alho socadinho
Sal
Pimenta do Reino
+- 2 colheres de sopa de ovo batido
Dica:
Coloco o ovo inteiro n/tigelinha ou prato, bato, retiro a quantidade a ser usada e p/aproveitar o restante, eu acrescento cebola bem picadinha, tempero com sal e pimenta do reino, faço  uma fritadinha bem gostosa, fatio e coloco sobre a salada p/decorar


Modo:
Misturei muito bem todos os ingredientes da massa, modelei as almôndegas, passei na farinha de rosca retirando bem o excesso da farinha e reservei...
Untei com um fio de óleo uma frigideira antiaderente de fundo grosso, coloquei as almôndegas  apenas p/selar (todos os lados), retirei do fogo e reservei...


Molho:
Dourei 1 dente de alho socado n/fio de óleo, acrescentei 1 tomate grande sem sementes picado, cebola picadinha, extrato de tomate, sal e pimenta do reino. Refoguei bem e adicionei água em quantidade suficiente p/formar um molho. Coloquei as almôndegas no molho formado deixando em fogo baixo por +- 10...








ACOMPANHOU:
Purê de batata e salada de alface com ovo cozido e tomate fatiados e + a fritadinha do ovo que sobrou da massa das almôndegas fatiada decorando
Dica com o ovo que sobra:
Eu faço sempre a fritadinha ou coloco o ovo n/frigideira levemente untada, tempero com sal e 1 pitadinha de pimenta do reino, esfarelo grosseiramente e depois de cozidinho e frio  aproveito p/decorar a salada


























                       Refeição simples, simples, mas bem gostosinha















sexta-feira, 7 de setembro de 2018

"MEDALHÃOZÃO" de baby beef, minicebolas empanadas e batatinhas douradas...

Sugestão p/o FDS:
Quando vc tem uma carne macia congelada e não sabe ainda o que preparar, vai nesse "medalhãozão" que vai dar certo kkk. A carne que eu usei foi baby beef, mas pode ser outra qualquer que seja macia. 
Esse corte de baby beef foi comprado no Supermercado e eu não posso dizer se é mesmo baby beef pq só conheço o já pronto das churrascarias, mas se sim ou se não, o que importa é que a carne era super macia e o medalhão ficou maravilhoso.

Como eu fiz:
P/a carne:
1- Uma peça de +- 500g (não lembro do peso) de baby beef  temperada com alho, sal grosso e pimenta do reino...
2- Coloquei bacon fatiado em volta de toda carne, procurando deixar n/formato redondo...
3- Grelhei n/frigideira antiaderente de fundo grosso levemente untada com óleo (fogo alto), deixando dourar bem. Depois da carne bem dourada  virei, deixando dourar também o outro lado (esse outro lado fica a gosto, se preferir mal passado, doure menos, se bem passado, doure mais)




P/as cebolas:
Minicebolas não muito pequenas cortadas em fatias no sentido largura. As fatias vão depender do tamanho, algumas eu cortei em 3 e separei em argolas e as menores não separei. Deixei de molho em água gelada por +- 10 minutos...
Depois dos 10 minutos, escorri bem, sequei, passei na farinha de trigo, depois na massa e fritei em óleo quente
Massa:
4 colheres de sopa de água
1 colher de sopa de cachaça
1 colher de sopa cheia de Maizena
2 colheres de sopa cheias de farinha de trigo
Sal e pimenta do reino a gosto
1/2 colher de  café de fermento em pó
Dicas:
1- Essa quantidade de massa vai depender da quantidade das cebolas, eu conforme fui fritando, fui precisando de mais massa e então fui dobrando a receita
2- O ponto da massa também eu sugiro que frite uma argola p/ver e se necessário, acertar o ponto colocando + farinha (se achar rala) ou mais água (se achar muito espessa)









P/as batatinhas:
Cozinhei as batatinhas inteiras (com as cascas) bem al'dente em água e sal...
Depois das batatinhas cozidas, cortei em metades (com cascas) e dourei na mesma gordura que fritei as minicebolas empanadas 










ACOMPANHOU:
Arroz branco e salada de brócolis, alface, beterraba, tomatinho e ovo cozido




















LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...