SEGUIDORES

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

MOLHO TZATZIK DO ROMERO (molho grego com pepino, iogurte e etc... muito delicioso)

Eu adoro salada, mas tem que ser sempre acompanhada de um bom molho. P/falar a verdade, eu não gosto muito de molho com iogurte, mas como sou fã das receitas do Romero, resolvi experimentar esse e amei o resultado.
Fonte da receita: (AQUI)
Preparei também uns bons acompanhamentos e saiu uma refeição bem gostosinha...

NÃO ESQUEÇAM DE CURTIR A PG P/ACOMPANHAR AS NOVIDADES NO FACE (na lateral do blog)!

Receita do molho:
Iogurte grego ou natural (usei 1/2 copo)
2 pepinos sem sementes (usei 1 médio com casca)
Sal 
Alho socadinho ou processado
Cebolinha picadinha p/o acabamento
Azeite (usei 2 colheres de sopa)

Modo da receita e como eu preparei:
Processei o pepino, passei p/uma tigela, acrescentei um pouco de sal e deixei descansando por 10 minutos. Depois do descanso, passei por uma peneira p/retirar o excesso de líquido.
N/tigela misturei o iogurte (1/2 copo) com o pepino já sem o líquido (1/2 copo medida do iogurte), juntei o alho, a cebolinha picadinha e o azeite. Acertei o sal e servi com uma saladinha verde.

Dicas da receita no vídeo:
Ele usa 2 pepinos
A proporção é sempre uma parte de iogurte p/ uma de pepino (meio a meio)
O azeite é opcional (mas eu  Dinha, acho que fica perfeito no molho)
Molho pode ser servido com: carne, peixe, saladas e etc...
Ele gosta de acompanhar com batatas cozidas

Acompanhou mignon suíno assado no saco Assarápido:
Temperei a peça do mignon com:
Alho, sal, molho de pimenta, shoyu, cominho, colorau e 2 colheres de sopa de cachaça. Deixei descansando na geladeira de um dia p/outro.
No dia seguinte coloquei a carne no saco com a marinada e levei ao forno 180º por +- 1 hora. Depois desse tempo, abri o saco, reguei com a marinada, pincelei manteiga e deixei no forno até dourar (sem deixar ressecar).

Maionese:
Batata, cenoura, clara de ovo cozido picada e maionese (a gema amassei com um garfo, misturei com maionese de pote e azeite)


Farofa a gosto










MUITO BOM MESMO!

Foto p/quem não conhece o saco!







quarta-feira, 26 de agosto de 2015

BOLO GELADO DE COCO DA NEIDA

Essa é mais uma receita muito antiga e passada por uma amiga da minha mãe. Eu já postei aqui diversas receitas que aprendi com a Neida. Eu não sei realmente de onde ela tirava tantas receitas deliciosas, só sei que era uma cozinheira de primeira, e que p/minha sorte, era também  uma pessoa extremamente carinhosa e benevolente. 
Fiz meia receita...

NÃO ESQUEÇAM DE CURTIR A PG P/ACOMPANHAR AS NOVIDADES NO FACE (na lateral do blog)!



Receita  (xícara usada = 240ml):
5 ovos (usei em 1/2 receita 3 médios)
2 xícaras de chá de farinha de trigo
2 xícaras de chá de açúcar
1 colher de sopa de fermento em pó
1 copo americano de leite morno

Modo:
Bata as claras em neve, junte as gemas e bata mais. Acrescente o açúcar e bata por 5 minutos. Coloque a farinha e o fermento só misturando delicadamente sem bater. Adicione o leite morno, misture e coloque a massa numa forma untada e enfarinhada. Leve ao forno preaquecido 180º por +- 35 minutos.
Deixe esfriar, desenforme e reserve...

Calda p/regar o bolo:
1 vidro de leite de coco
1 lata de leite condensado
Bata no liquidificador (n/ao vai ao fogo)
1 clara levemente batida com 1 colher de sopa (rasa) de açúcar p/passar na lateral do bolo
 Coco ralado p/ salpicar (usei 150g do fresco)

Montagem:
Fure o bolo já frio com a ponta de uma faca ou um espeto de churrasco (diversos furos) e vá regando com a calda. Se precisar faça mais furos até que toda a calda seja absorvida pelo bolo. Deixe na geladeira por +- 1 hora.
Retire o bolo da geladeira e passe a clara levemente batida na lateral. Caso a superfície precise, passe tb um pouquinho da clara (os meus nunca precisam) e salpique o coco ralado na superfície e lateral. Decore a gosto.


Dicas:
Fiz metade da receita pq a massa rende bem
O leite é morno, não é fervendo
Usei 3 ovos (médios) em meia receita
A rosinha de chocolate é um bombom que ganhei da minha amiga Lígia do blog:
A RECEITA JÁ ESTAVA EDITADA HÁ ALGUM TEMPO ...

P/não perder o costume de aproveitar as sobras, tentei esse bolinho com as sobras do bolo gelado (pq fiz só metade da receita) e ficou uma delícia kkk


O que usei:
1/2 vidro de leite de coco (acrescentei leite integral até completar 1 copo americano)
1/2 lata de leite condensado (deu 1 copo americano)
2 colheres de sopa cheias de farinha de trigo
2 ovos
1 colher de sopa cheia de margarina
1/2 colher de sopa de fermento em pó
Bati tudo no liquidificador (o fermento por último). Coloquei n/forma untada e enfarinhada e levei ao forno 180º por +- 40 minutos.




E  acabou rapidinho de tão bom que ficou kkk











                                                                 


Usei nas receitas o leite condensado MOCOCA


terça-feira, 25 de agosto de 2015

Vale a pena correr atrás dos nossos direitos depois de uma informação que consideramos errada?

Eu não sei se é má vontade ou simplesmente incompetência, mas com certeza vc já recebeu uma informação errada não é mesmo?
Veja essa informação:
Há mais ou menos uns 3 anos, eu comprei um mini processador  da marca Black&Decker. No mês passado quando fui usar, ele ligava, mas girava muito lentamente não conseguindo triturar o que eu queria. Eu entrei na internet, procurei uma autorizada próxima da minha residência e liguei p/saber um ponto de referência do endereço. Quando eu falei do que se tratava, o rapaz que me atendeu, me informou que não existiam peças de reposição pq esse mini processador era descartável. Eu agradeci, desliguei e tudo bem...
No dia seguinte pensando melhor e sabendo que por lei, as empresas são obrigadas a terem em estoque peças p/reposição, por um período razoável após a compra do produto, mesmo que esse produto tenha saído de linha, como entender então, que um mini processador que nem saído de linha tinha, agora pode ser  classificado como descartável?
Resolvi então ligar p/ Black&Decker p/saber o motivo dessa informação. Quando a funcionária atendeu, eu não cheguei nem a reclamar, ela de imediato me passou a seguinte informação:
A senhora leva o produto até a autorizada e nós enviaremos um produto novo, com uma nova garantia (o meu já estava fora da garantia) e a preço de custo. Imediatamente eu concordei!
Voltei então a ligar p/a autorizada pedindo novamente o tal ponto de referência do endereço, e quando expliquei p/o rapaz a negociação com a empresa, ele me exigiu a nota fiscal do produto. AFFFF! 
Eu expliquei que tinha a nota (cupom), e que ele até conseguiria ler, mas não ia conseguir imprimir. Ele então me me passou que isso era uma exigência da empresa. 
Mais uma vez fui muito bem atendida pela funcionária da BLACK & DECKER, que imediatamente ligou p/a autorizada dizendo que não existia essa exigência, já que eu deixaria o produto p/ser trocado.
Fim da novela:
Meu mini processador mais moderno que o outro (o meu ainda está em linha), com uma nova garantia e por um precinho 3 vezes menor que o do mercado.



PARABÉNS P/ A BLACK & DECKER pelo ótimo atendimento de seus funcionários!









Eu sei que a funcionária não fez mais do que sua obrigação, mas foram 2 atendimentos com funcionárias diferentes, e n/país onde a regra vira exceção, acho que nada mais justo que fazer esse agradecimento.











Aí olhando p/a foto eu pergunto:
Valeu a pena procurar os meus direitos e ir atrás de uma informação mais concreta?
P/mim vale  SEMPRE!
No meu caso foram 2 informações erradas kkkk

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

BOLO DE BATATA COM CAMARÃO E CREAM CHEESE

Quando eu estou sem muita inspiração p/cozinhar, recorro sempre  a receita desse bolo pq já sei que o sucesso é sempre o mesmo. O bolo pode ser servido como  prato principal, acompanhado de uma boa saladinha ou servido n/lanche, acompanhado de um vinho ou uma cervejinha.
Vou deixar aqui os links com outros recheios:
http://piteisdadinha.blogspot.com.br/2012/07/bolo-de-batata-c-carne-moida.html
http://piteisdadinha.blogspot.com.br/2014/01/bolo-de-batata-crecheio-de-salsicha.html


NÃO ESQUEÇAM DE CURTIR A PG P/ACOMPANHAR AS NOVIDADES NO FACE (na lateral do blog)!

Receita (a receita da massa você pode pegar (AQUI)

Recheio:
1/2kg de camarão limpo  (usei o pequeno p/médio)
1 colher de sopa de azeite
1 dente de alho
1 tomate pequeno sem sementes picado
1/2 cebola pequena picada
Pimentões coloridos a gosto picados
1 colher de sopa de extrato de tomate
Sal a gosto
Molho de pimenta a gosto
Azeitonas picadas
Maizena p/engrossar o recheio
Cream cheese p/o recheio
P/pincelar: 1 gema misturada com gotas de azeite
e de água
Dica:
Aprendi n/curso que se adicionar um pouquinho de água na gema p/pincelar, a cobertura não murcha

Modo:
Dourei levemente o alho no azeite, juntei o camarão, refoguei e deixei tampado em fogo baixo por +- 3 minutos. Acrescentei o tomate, os pimentões, a cebola e o extrato de tomate. Acertei o sal, adicionei o molho de pimenta e continuou em fogo baixo por + 5 minutos (não coloquei água, ficou só o líquido que o camarão soltou, mas se precisar, acrescente um pouquinho de água fervente). 
Retirei um pouco do caldo formado na panela e passei p/uma tigelinha, acrescentei +- 1 colher de sopa cheia de maizena, misturei bem e coloquei essa mistura novamente na panela,  mexendo bem até o creme ficar cozidinho. Juntei as azeitonas picadas, misturei e reservei.
Dica: A quantidade da maizena p/engrossar o recheio, vai depender da quantidade de líquido formado na panela.


Montagem:
Coloquei metade da massa de batata n/refratário raso levemente untado, cobri com o recheio, coloquei sobre o recheio colheradas de cream cheese, forrei com o restante da massa, pincelei com a gema, decorei e levei ao forno 180º por +- 40 minutos (ou até ficar douradinho).
Dica: Meu forno é mais p/lento








            JÁ COM O RECHEIO...













        PRONTO P/IR AO FORNO....












quarta-feira, 19 de agosto de 2015

COSTELA C/LEGUMES P/SALVAR UMA RECEITA QUE NÃO DEU CERTO...

Mais uma receitinha da Ana Maria que pelo menos p/ mim  não deu certo...
Eu fiz exatamente como diz na receita, mas a costela (não era gorda) ficou com muita água e nada a ver com o churrasco dito na receita. Receita original aqui: 
P/não jogar a culpa também só na  Ana Maria, a minha costela estava congelada, é claro que eu descongelei, mas a carne congelada tem mais umidade do que a fresca e isso pode até ter colaborado p/ o fracasso da receita.



Salvando a receita fracassada:
Minha receita:
O início foi o mesmo da receita original.
Passei a carne p/outra panela (o caldo ficou na panela de pressão) com um fio de óleo  e deixei dourar ligeiramente. Retirei a carne da panela e reservei. Na mesma panela dourei 2 dentes de alho, acrescentei shoyu, molho de pimenta, molho inglês, 1 folha pequena de louro e cominho. Misturei bem, acrescentei 1 tomate picado, pimentões coloridos picados, 1 cebola pequena fatiada, 1 colher de sopa de extrato de tomate, refoguei bem e juntei esse refogado ao caldo da costela reservado na panela de pressão.
No caldo formado coloquei 1 cenoura grande cortada  em 6 pedaços e  deixei cozinhando por 10 minutos depois da pressão.  Depois da cenoura cozida, retirei  e reservei junto com a costela. 
No mesmo caldo coloquei 4 batatas médias cortadas em cubos médios e 1 chuchu cortado em 4, cozinhou por 3 minutos depois  da pressão. Depois de cozidos passei também p/panela com a costela reservada e adicionei um pouco do caldo.
DICA: Retirei a pressão da panela assim que retirei do fogo. 
Molho p/acompanhar:
Dourei 1 dente de alho em 1 colher de sopa de azeite, acrescentei tomate, pimentões coloridos picados e cebola fatiada. Refoguei bem, juntei um pouco do caldo reservado misturado  com um pouquinho de água, acertei o sal e deixei em fogo baixo p/apurar. Acrescentei 2 ovos cozidos fatiados (fatias finas), misturei bem  e reguei com bastante azeite.
Com o caldo que sobrou na panela de pressão, acrescentei mais um pouco de água, acertei o sal e fiz um pirão maravilhoso....







Achei que valeu muito a pena errar a receita!










       
          Hummm, refeição deliciosa!
          Vou  mandar esse  pratinho p/Ana Maria ...

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

PÃO DE HAMBÚRGUER /HOT DOG (da Akemi)

Continuando as minhas experiências com pães, encontrei mais uma receitinha maravilhosa...
A receita eu encontrei no blog da Rosângela, mas na verdade a receita vem lá do blog da Akemi. Posso garantir p/vocês que em ambos os blogs encontramos receitas deliciosas. 
Já conhecem os blogs delas?
Não?
Corram então p/conhecer pq certamente vocês vão virar fãs dessas meninas...
Akemi:http://pecadodagula.blogspot.com.br/


Já vejo todo mundo com água na boca kkkkkk

Receita:
Medida da xícara usada = 240ml
Receita:
1 xícara de chá de leite
1/2 xícara de chá de água
1/4 de xícara de chá de manteiga s/sal amolecida = 50g
4 e 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento seco p/pão (10g)
2 colheres de sopa de açúcar
1 e 1/2 colher de chá de sal
1 ovo extra

Modo original:
N/panelinha, amorne o leite, a água e a manteiga.
N/tigela grande coloque 2 xícaras de chá de farinha de trigo, o fermento, o açúcar e o sal. Junte o leite morno e o ovo e mexa bem. Vá adicionando 1/2 xícara de chá de farinha de trigo por vez, até começar a ficar uma massa muito pesada p/misturar. Despeje a massa n/superfície levemente enfarinhada e sove até que fique lisa e elástica (por +- 10 minutos). A massa é bem pegajosa, mas resista a vontade de colocar mais farinha p/não deixar o pão pesado depois. Vá sovando que a massa vai secando e desgrudando das mãos.
Na receita original (onde a Akemi pegou), a partir daqui, já se divide a massa em 12 porções e modela as bolinhas levemente achatadas. deixa descansar por +- 45 minutos e leva ao forno pré aquecido 200º por +- 12 minutos.

Modo da Akemi (foi o que eu fiz):
Depois da massa sovada, faça uma bola e descanse por+-40 minutos (coberta) ou até dobrar de volume. Depois do descanso, dê alguns soquinhos na massa p/retirar o gás acumulado. Modele 12 bolinhas, cubra com um pano de prato molhado e bem torcido e descanse por + 10 minutos.
Modele novamente as bolinhas, coloque n/assadeira untada e enfarinhada e dê uma leve achatada. Cubra com um plástico bem frouxo + o pano de prato úmido e descanse por + 30 minutos. Leve ao forno pré aquecido 200º por +- 20 minutos ou até dourar levemente. Deixe esfriar sobre uma grade.
Se quiser pincele com ovo batido e polvilhe c/gergelim antes de levar ao forno.



Dica:
1- P/fazer o pão de HOT DOG, depois de modelar as bolinhas, abra a massa n/retângulo de 15 x 10 cm e enrole como rocambole.
2-  Olhando a receita parece que dá trabalho, mas não dá. É até bem fácil e o resultado eu acho que nem preciso falar nada né?






Aqui servido com : sobra  de  carne maluca (uma delícia 3ª vez que preparei)
Receita   (AQUI)

Obs: A carne é maluca mesmo,  não é louca kkkk


Hummmmm, bom demais!







               Muito delicioso, melhor  que o lanche

    do  MACDONALD'S  kkkkk

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

ARROZ COM CARNE SECA, COUVE E OVOS MEXIDOS (acompanhado de um feijão delicioso)

Tem dias que a gente vai p/cozinha sem noção nenhuma do que preparar, de repente vão surgindo ideias, ideias e quando menos se espera, sai essa refeição deliciosa.
Falta de modéstia né gente? kkkk

P/o arroz:
3/4 de xícara de chá de arroz (preparado normalmente)
+- 250g de carne seca cortada em pedaços médios, dessalgada (dei uma pré cozida por 10 minutos na pressão) e cozida no feijão mulatinho que acompanhou o arroz
1/2 molho de couve fatiada (tipo à mineira) e refogada no alho e óleo
Pimentões coloridos  em cubinhos
Azeitonas picadas
2 ovos mexidos
Modo:
1- Preparei o arroz (como o habitual)
2- Fritei levemente a carne seca (já cozida e desfiada) n/fio de azeite
3- Fritei os ovos (só em um fio de óleo n/frigideira antiaderente) e depois de quase cozidos, mexi bem deixando-os em pedaços 
Montagem:
Assim que o arroz aprontou, passei p/uma tigela e juntei a couve já refogada, a carne seca, os cubos de pimentões, as azeitonas e os ovos mexidos. Misturei tudo delicadamente e passei p/uma tigela de servir.

P/o feijão:
250g de feijão mulatinho cozido na pressão com 1/2 cebola pequena picada, 1 dente de alho, 1 folha de louro e as +-250g de carne seca dessalgada e pré-cozida por 10 minutos na pressão.
Nota: Cozinhei o feijão na pressão por +- 20 minutos, mas o tempo  pode variar conforme a marca do feijão.
Depois do feijão cozido, retirei a carne seca e reservei p/usar no arroz...
P/o tempero (usei somente +- 3 xícaras de chá do feijão já cozido, o restante eu congelei):
Fritei cubos de bacon (quantidade a gosto), adicionei +- 3 colheres de sopa de cebola picada, 1 dente de alho e refoguei bem. Juntei 1 tomate pequeno sem sementes picado, pimentão verde a gosto picado, temperei com sal, molho de pimenta e deixei apurando em fogo baixo por +- 10 minutos.
Dica: Se quiser pode acrescentar coentro picadinho depois do feijão pronto

P/farofa:
Coloquei n/panela +-1/2 xícara de chá de manteiga usei MOCOCA e azeite (meio a meio = 120ml)) e refoguei  1/2 cebola pequena picadinha e 2 dentes de alho. Juntei farinha de mandioca aos poucos até chegar no ponto desejado (eu gosto da farofa molhadinha)

P/a mandioca:
Mandioca cozida em água e sal. Depois da mandioca cozida, cortei em cubos pequenos, e salteei n/mistura de manteiga (usei MOCOCA) e azeite







 
                                                 
Usei a manteiga MOCOCA....
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...