sexta-feira, 3 de novembro de 2017

COSTELA COM POLENTA FRITA e couve à mineira

Um dia desses eu encontrei no mercado uma costela maravilhosa, o que é muito difícil de encontrar por aqui (depois eu conto a historinha dela) e aí pedi p/o açougueiro 1 kg, só que quando ele voltou com ela já pesada e embalada veio com bem + de 2 kg. Como ela estava muito boa eu resolvi trazer toda e vou te contar, como me rendeu essa costela!
Nesse dia eu queria preparar a costela de um modo diferente, decidi então fazer uma parte assada no forno e como a maioria de vcs já sabe, a costela é uma carne dura, mas do jeitinho que eu preparei ela ficou macia e com gostinho de churrasco. Eu aprovei!
OBS: Dividi a costela em 2 partes, usei 1 parte desse modo e congelei a outra.


A  receita da polenta eu peguei no blog do Mauro Rebelo e não levei fé, mas depois da polenta pronta achei simplesmente MARAVILHOSA, DELICIOSA e + todos os "OSAS" que possam servir de elogios. Link do Mauro aqui:
http://www.culinariareceitas-grupo.com.br/2009/07/polenta-frita-crocante-janaina.html



Receita:
1 peça da costela com 1kg e + algumas gramas (não pesei) temperada com:
Alho, sal, louro, shoyu, molho inglês, cominho, pimenta do reino, 2 colheres de sopa de cachaça e +- 2 colheres de sopa de vinagre.  Deixei descansando na geladeira de um dia p/outro...
No dia seguinte coloquei 2 colheres de sopa de óleo n/panela de pressão deixando aquecer bem e coloquei a carne sem a marinada na panela. Deixei a carne dourar bem de um lado (sem mexer depois que coloquei na panela p/não criar líquido), virei, deixando dourar também muito bem do outro lado. Depois da carne bem dourada (selada) juntei a marinada e +- 1 xícara  (200ml) de água fervente. Fechei a panela e levei ao fogo alto até chiar, passei o fogo p/baixo e deixei cozinhando por 45 minutos depois que chiou...
Depois dos 45 minutos, retirei a pressão da panela, retirei a carne e o caldo  reservando os 2 separadamente...
Untei um pedaço de papel alumínio com  margarina, coloquei a carne por cima, reguei com 3 colheres de sopa cheias do caldo reservado, pincelei com margarina, enrolei a carne no papel e levei ao forno por +- 30 minutos...
Passados os 30 minutos abri o papel, reguei com + um pouco da marinada e deixei dourar. Depois de douradinha, virei de lado deixando dourar também...

P/o molho servido à parte:
Dourei 1 dente de alho n/fio de óleo, juntei tomate, cebola e pimentão (a gosto) fatiados, refoguei, acrescentei 1 colher de sopa cheia de extrato de tomate, refoguei e juntei o restante da marinada reservada. Acrescentei água fervente em quantidade suficiente p/formar um molho bem apurado.

P/ a polenta frita (fiz metade da receita e rendeu bem):

Receita:
2 xícaras de chá de fubá mimoso (usei 1 xícara do fubá comum)
4 colheres de sopa de óleo (usei 2)
1 litro de água fervente (usei 1/2)
1/2 colher de sopa de sal (usei a gosto)
3 dentes de alho socados (usei tempero caseiro em quantidade +-  = a 2 pequenos
1 cebola pequena ralada (usei 1/2)

Meu modo:
Coloquei o óleo n/panela, acrescentei a cebola e o tempero de alho (ou o alho), deixei dourar levemente. Juntei a água FRIA mesmo, o fubá, o sal  e misturei muito bem p/não empelotar. Deixei em fogo baixo sempre mexendo c/uma colher de pau por +- 15 minutos, o que me deu uma consistência bem firme deixando o fubá bem cozidinho (sem aquele gosto de crú).  Despejei n/assadeira  de  23 x 17cm (achei n/tamanho ideal)  e deixei esfriar bem. Depois da polenta já bem fria, cortei em pedaços (tamanho a gosto), passei  no fubá e fritei em óleo quente.

Dica:
Como eu não fritei em imersão, passei levemente os pedaços no fubá. Coloquei um pouco de óleo n/frigideira antiaderente de fundo grosso deixando aquecer bem, coloquei os pedaços da polenta deixando dourar um lado e depois o outro e fui acrescentando + óleo em pouca quantidade conforme pedia quando eu acrescentava + pedaços p/fritar. Os pedaços ficaram mais p/grelhados do que p/fritos e ficaram sequinhos, crocantes e super deliciosos.


Acompanhou:
Arroz branco, couve à mineira e uma cervejinha gelada



MODO:



...a costela já limpinha

                 aqui já na marinada...






...aqui já selada (dourada em todos os lados antes de colocar água)

              aqui já c/a margarina por cima p/não ressecar...




...aqui a costela já prontinha

   aqui a polenta cortada depois de fria e ainda antes de fritar (grelhar)...


COM A SOBRA :
Eu cozinhei a sobra da costela na panela de pressão junto com o molho que sobrou (se precisar acrescente + um pouco de água) p/ficar bem cozidinha. Depois da carne bem cozidinha, desfiei e deixei apurando em fogo baixo por alguns minutos (até ficar um molho encorpado) e servi em sanduíches que ficaram deliciosos acompanhados de abobrinha confitada (depois posto a receita), cebola em conserva e um belo suco de laranja.
Obs: A manchinha escura no pão foi da máquina

27 comentários:

Maria Ferreira N. Vechi disse...

Oi Dinha
Almocei agora pouco,ah confesso que não resistiria e provaria um pouco dessas delícias.Hummm e o lanche mais tarde com certeza.
Beijos.abençoado final de semana amiga!

Iris Barbas disse...

Oi Dinha!

Hoje você veio com tudo... Kkkk Adoro costela, amo polenta frita e gosto demais de couve à mineira!
Me aguarde! Hehehe

Abraços, Iris

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Hummm mas que coisa mais deliciosa.
Um bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

O Pecado Mora Em Casa disse...

Aspecto delicioso e tentador para experimentar!!
Adorei, beijinhos.

http://www.opecadomoraemcasa.eu/

O meu pensamento viaja disse...

Dinha, a sua comidinha é sempre apetitosa, fico com muita vontade de experimentar. Beijinhos

MissB disse...

Olá! :)

Que bom aspecto... meu deus, fiquei a salivar! :D

Beijinhos
Arco-íris na Cozinha | Facebook | Instagram | Youtube | Zomato | Pinterest

Luli Ap. disse...

Olá Dinhaaaaaaa
Uaaaaaaaaau sensacional!
Sou apaixonada por polenta frita, é tão absurdamente macia por dentro e crocante por fora, que dá água na boca!
E essa carne então???????
E vc ainda faz um sanduba desses com cara de quero mais <3
Já vi que hj a prosa vai render porque não vou sair daqui tão cedo, vai contando as novis que eu vou degustando essas delícias, combinado?
Ótimo fds pra ti
bjs Luli
Café com Leitura na Rede

Maria Luiza disse...

Dinha do céu que espetáculo sua comida! Deve ter ficado uma gostosura! Fiquei doidinha pela polenta também porque minha filha adora polenta frita! Não me dou bem com a polenta, nunca consigo uma receita que dê certo e olhe que fui criada com polenta e leite como café da manha quando pequena e depois outras polentas sempre! Adorei! Beijocas!

As Receitas da Mãe Galinha disse...

Oi Dinha! Que belo festim para esse fim de semana! Desejo que o aproveitem bem!
Beijinho
Joana

Os olhares da Gracinha! disse...

Também cozo muitas vezes na panela de pressão para ficar mais macia!
Levo a sugestão!!!bj

Gracita disse...

Oi Dinha minha linda
Essa é uma refeição que não dá para prazer resistir ainda vendo o capricho e a beleza do prato
Se ão tivesse almoçado degustaria com prazer estas delícias
Beijos

Mrs. Margot disse...

Acredita que nunca comi polenta? E o namorado adora, tenho que experimentar fazer, tenho muita curiosidade em provar! =)

MRS. MARGOT

cozinha100segredos disse...

Gosto de tudo o que está compondo esse prato mas a polenta é o que me apetecia comer já mesmo! beijinhos

Joana disse...

Está tudo com um aspecto maravilhoso!
Não só a carne como os acompanhamentos!
E a polenta está maravilhosa.
Um beijinho

Sadhia Hage disse...

amiga querida nada me remete mais a infancia do que uma bela comida caseira ..eu amei sua sugestão bjus

Vane M. disse...

Oi, Dinha, como vai? Nossa, que tão bem explicadinho! Ainda agora falei para minha filha que não temos o hábito de fazer costela aqui em casa, e é tão gostosa! Pelo jeito como explicou parece ficar bem molinha mesmo, gostei! E além do cardápio completo ainda mostra como usar as sobras, rrsrs! Abraços!

Andréa Santana disse...

Hello, querida Dinha!
Com essa preparação só pode ter ficado deliciosa e o melhor a costela não tem gordura, bela compra.
Quando eu compro costela vem mais osso e gordura, xonei na sua.
Eu nunca fiz polenta frita e a mole nunca acertei o ponto e sabor, apesar
de ser prato típico de minas,como sempre em restaurantes.
Seu menu ficou perfeito, já tinha saudades....

Beijinhos, abençoada semana junto a sua família ♥

Isa Sá disse...

Já comia!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Islene Teles disse...

Oieeee
Que empenho!! Tudo que você faz é bacana e muito bem explicado. Costela é "TUDIBOM" e com os acompanhamentos sugeridos hummmm.... Eu estava viajando... bjosss e ótima semana, flor.

CRIKA disse...

Nossa que lindo seu prato!!!! Eu fiquei aqui com água na boca!!! ADOREI a sua receita !!!! Está de encher os olhos!!! Boa Semana!!! Bjks

Amélia disse...

Que refeição saborosa! Receita muito bem explicada.
Bjs

Cristina Barbas disse...

Oi, Dinha!

Delícia de prato e de sobra! Tudo lindo e saboroso...
Essa polenta me deu água na boca! Eu adoro!!

Abraços, Cris

Beatriz Bragança disse...

Minha querida
EU VENHO AQUI E FICO A SALIVAR. GOSTO MUITO Dessa carne e também uso o truque de a colocar primeiro na panela de pressão.
Agora o que nunca fiz foi uma receita assim:deve ser de comer e chorar por mais.Vou fazer, mas estou com receio de que a polenta não me saia bem.Só mesmo experimentando, não é?
Muito obrigada por partilhar estas iguarias.
Um beijinho
Beatriz

Maria Rodrigues disse...

Ai que delicia deve ser .... Hum!hum!hum!
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Silvania Alves disse...

Nossa du água na boca. Beijão
http://encantosdasil.com/

Marta Moura disse...

Nunca comi polenta! :(

Rosa Santos disse...

Dinha querida,
Arrasou com tanta coisa boa. Gosto de tudo. A costelinha assim temperada deve ficar no ponto (vou guardar sua receita) e amo demais a polenta frita. Que delícia de banquete :P
Beijinhos amiga

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...