quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

TRILHA FRITA C/ABOBRINHA REFOGADA, TORRADINHAS DE UM PÃO QUE NÃO DEU CERTO E UMA REFLEXÃO

MAIS UMA VEZ FIQUEI SEM INTERNET. Muito perto de mudar de operadora (graças a Deus)
Aos poucos normalizo minhas visitinhas p/matar a saudade. Obrigada de coração a todos que passaram por aqui.

Eu não ia postar essa receita, mas depois da reportagem resolvi postar...
P/REFLETIR:
Depois de fazer um pão que a receita não  saiu do jeito que eu esperava e quando eu já estava preparada p/jogar o pão fora, passa na TV uma reportagem de um homem que tinha sido preso em "BOTAFOGO (zona sul do RJ)" por ter roubado comida. Gente, eu chorei muito quando vi essa reportagem, lembrando do quanto a gente desperdiça enquanto outros roubam com fome e vão presos por isso. P/mim realmente não importa se é um trabalhador, mendigo ou usuário de drogas como suspeita o apresentador, p/mim o que importa mesmo é que é um SER HUMANO com fome  (vou parar por aqui pq estou chorando novamente kkk)...
Bem, depois da reportagem, pensando melhor, eu notei que o pão não tinha ficado do jeito que eu esperava, mas que também não tinha ficado tão ruim assim e nesse momento decidi que o pão ia virar umas torradinhas  e posso assegurar que essas torradinhas fizeram sucesso.
Aqui o link com a reportagem:
Não sei se vão conseguir acessar...


Vamos a receita:

P/a trilha:
1 kg de trilha
Marinada: 2 dentes de alho
1 folha de louro
Sal  a gosto
Limão a gosto
Deixei na marinada por +- 20 minutos...
Passei n/mistura de farinha de trigo e fubá e fritei em óleo quente.



ACOMPANHOU:
Abobrinha ralada refogada
Salada de alface
Torradinha do pão que nem ficou tão ruim...
E uma pasta tb aproveitando um pedaço de queijo minas (queijo minas amassado com maionese até o ponto desejado e alho bem socadinho a gosto)





Gente, a torradinha ficou bem gostosinha mesmo. Se fosse p/o lixo eu ia me arrepender...










Aqui mostrando o pão:
Não cresceu, mas ficou com a massa bem fofinha...


Não vou postar a receita por motivos  óbvios né?
kkkkkkk

17 comentários:

Zilnete Antunes disse...

Amiga!!!
Hoje vc pegou pesado!!! Rsrsrs!!!
Adoro trilhas!!! É aquele peixinho que tem gosto de camarão?
É o meu peixe preferido!!!
Estava tudo impecável... como sempre!!
Bjos!!

Andrea Bitencourt disse...

Oi amiga!
Nossa, me emocionei de verdade com o seu relato...realmente a coisa mais triste do mundo é passar fome...por isso que te confesso que acho a noite de Natal uma celebração triste...pois sempre me pego a pensar em todas as pessoas que vêem pela TV um verdadeiro conto de fadas nos comerciais e programas...e que em casa não tem a oportunidade de ter uma mesa farta, ou a família por perto, ou estão em hospitais...a vida nem sempre é o conto de fadas que tentam vender pra gente, não é?

Nunca experimentei trilha, como gosto de peixes em geral, com certeza iria gostar desse!!!! E as torradinhas estão com uma cara ótima!!

Aproveito para te convidar a participar de um sorteio que está rolando no blog. O brinde é um kit delicioso da Natural Alimentos! O sorteio será realizado dia 20 de Dezembro e o kit será entregue em casa!

http://deliciasdavodeo.blogspot.com.br/2014/12/sorteio-de-natal-com-natural-alimentos.html

Beijos! =)

Maria Ferreira N. Vechi disse...

Triste situação essa,a que ponto chega o ser humano.Realmente temos que pensar que o desperdício é um pecado.
Amiga,não conheço trilha,como adoro peixe já gostei.Abobrinha também tem minha preferência.
Beijos,fica com Deus,boa tarde.

Andréa disse...

Dinha minha querida,
muita gente passa fome nesse mundo e o pior que tem tantos desperdícios.
É de cortar o coração ver tanta gente revirando o lixo pra comer, esse que vc contou roubou, sei que não é certo, mas pra quem passa fome não é fácil tbm.
Nesse tempo de natal, o consumismo aumenta ainda mais, e tem gente que não pode comprar nenhuma bala.
E vc como sempre arrasando com seus pratos deliciosos.
O seu pão não deve ter ficado do jeito que tu queria, mas com certeza deu pra tomar um cafezinho e ficou de pedir bis, hehehe!

Bjs, fica com Deus ♥

Andréa disse...

Voltamos a era das letrinhas p/ comentar, kkkkkkkkkkkkk

Rosinha Benvenga e Teresinha Putrini Bortolotto disse...

Oi Dinha fico muito triste com essas notícias essa época mexe muito comigo,gostaria de não ver ninguém com fome. Mas infelizmente temos que ver tudo isso.Sou fã de peixe e esse está de babar bjs Rosinha

Carina Mendonça disse...

Dinha eu tbm fico impactada com notícias como essa.. é duro saber que ainda existem pessoas no país que passam fome.. é muita desigualdade..
Mas eu já me alegro por saber que existem pessoas como vc que sabem do valor de coisas tão importantes como esta, e que para alguns passa despercebido.. vc está de parabéns amiga.. desperdiçar jamais ! bjiinhos

Carina Mendonça disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Criando Artes Carla disse...

É lamentável que nesse Brasil que tudo que se planta dá, ainda tem pessoas com fome amiga.
Dinha, é muito triste ver o desperdício de alimentos no Ceasa, eles não enviam para lugar nenhum. É dureza.
mas parabéns pela ideia de fazer as torradas.
Hummm hj teve abobrinha.
Beijos

Rosana Remor disse...

Dinha eu não sei o que é trilha, é um peixe?Aqui no sul, eu nunca vi, nem ouvi falar!Amiga, que pecado desperdiçar comida, temos que ter consciência de que muita gente passa fome nesse mundo.Beijos.

Joana disse...

Que maravilha esta refeição minha querida :) Tudo com óptimo aspecto!
É óptimo reaproveitar comida! Não faz sentido haver tanto desperdício!
Um beijinho querida

Josy disse...

Querida Dinha pelo visto vc é uma manteiga derretida como eu, se tem algo que me tira do sério é qualquer ser humano que seja, com defeitos ou não, ter que se humilhar a ponto de roubar para não passar fome, e pior, ser preso por isso, quando existem tantos vagabundos de colarinho branco soltos por ai e ganhando milhões. Fez muito bem vc amiga de aproveitar e fazer as torradas. Não consigo desperdiçar nada, pois sei o quanto é sofrido ter fome e não ter o que comer. Infelizmente é nessa época que mais aparecem pessoas com muita fome, e outras desperdiçando a toa. Adorei sua abobrinha refogada e amo trilha, um peixe muito saboroso. Beijinhos

Amehlia Digital ® disse...

Dinha querida,
Fiquei emocionada com o relato do moço. Tenho isso no meu coração de não jogar comida fora pois me dói ver as pessoas de bem sem o alimento.
Gostei do pão e de tê-lo postado!
Um bejim grande!

Iris Barbas disse...

Oi Dinha!

Primeiro quero dizer que eu não sabia o que eram trilhas... Agora já sei... Hehehe Quanto a "tua" história... isto acontece bastante na nossa vida... Bom demais, olhar e reparar no que acontece ao nosso redor, né amiga? Aqui em casa nada se põe fora, é lei! Hehehe Sempre pode-se fazer grandes transformações, como foi o teu caso!

Abraços, Iris

Ysandra Pena disse...

Experiencias na vida nos faz ficarmos mais fortes e podermos ajudar os outros se assim tivermos coracao para fazer.....o importante sempre aprender e melhorar com o que vemos e sentimos.....seu pao tenho certeza que ficou M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O.

Beijijnhos

virandocomida.blogspot.com

Juni disse...

Oi Dinha, sua postura diante da compaixão com o próximo foi muito bela. Mesmo que nada possamos fazer, mas direcionar um pensamento positivo àquele que está em dificuldades é o que importa.
Sua receitinha me deu água na boca, que delícia!!!
Beijinhos, fique com Deus.

Brisa Maritima disse...

Olá amiga,

Pois é, por vezes nem nos passa pela cabeça o quanto certas pessoas desejariam ter na sua frente os nossos cozinhados de maior insucesso ! De facto há que repensar atitudes (não me refiro a Si, mas sim a todas as pessoas em geral e contra mim própria falo também) !
Seja como for penso que nunca comi trilha, mas o aspecto é delicioso e como adoro curgete, eu iria adorar esta sua refeição tão apelativa ! Quanto ao pãozinho, ainda bem que conseguiu dar a volta à situação e aproveitou-o da melhor forma ! :)

Beijinhos grandes

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...