RECADINHO:

RECADINHO:
Quem entrar como seguidor do blog, favor deixar um comentário p/que eu possa retribuir.
Não dá mais p/entrar nos blogs através do espaço "SEGUIDORES".

sexta-feira, 17 de julho de 2015

PÃO DE BATATA DO EDUARDO BELTRAME e uma dica...

Essa minha mania de fazer pão é tão boa. Graças a ela preparei  mais uma  receitinha que me rendeu um lanche  tão delicioso e  tantos elogios,  que me senti até incentivada a continuar com a mania.

A receita é do Eduardo Beltrame (curso EDUK)

EU JÁ FALEI QUE AGORA ESTOU NO FACE?
Quem quiser me acompanhar, é só dá uma curtida na página do face na lateral direita do blog!


Fiz metade da receita:

Receita original:
750g de farinha de trigo ...(usei 375g)
300g de batata  inglesa cozida, espremida e fria...(usei 1 batata asterix com peso de 150g)
60g de gemas...(usei 2 gemas pequenas) 
45g de açúcar...(usei 2 colheres de sopa rasas)
50g de margarina...(usei 1 colher de sopa cheia)
10g de leite em pó...(usei 1/2 de colher de sopa)........(na lata diz que 2 colheres de sopa = a 26g), então usei 6,5g)
250 ml de água...(usei 125 ml)
10g de sal...(usei 1 colher de café)
40g de fermento biológico fresco...(usei 1 tablete e 1/2 = 22,5g)

Modo:
Misture n/tigela a farinha, a batata, as gemas, o açúcar, a margarina, o leite em pó, o fermento, o sal e misture bem. Acrescente a água aos poucos. Passe para uma superfície e sove por +- 10 minutos. Deixe a massa descansar por 20 minutos.
Após o descanso, faça um rolo com a massa, corte pedaços no tamanho desejado e modele as bolinhas (pode rechear).
Coloque os pães n/assadeira levemente untada e deixe crescer por 1 hora. Depois dos pães crescidos, pincele com gema e leve ao forno até que fiquem dourados.

DICAS MINHAS:
Todas as massas do Beltrame no curso, ele usou o mesmo modo = Descansar a massa por 20 minutos e depois de modelados deixar crescer por 1 hora.
Como no RJ o clima é quente, eu acho que passou muito do tempo de crescimento e aí os pães ficaram furadinhos (na próxima vez, vou deixar só até dobrar de volume).
Essa má formação dos pães não interferiu no sabor, eles ficaram fofinhos (acho que não como deveriam ficar, a textura ficou tipo de pão francês) e saborosos.
Como não ficaram bonitos e nem na textura que eu esperava, fiz  misto quente de lombinho canadense e queijo prato  (na torradeira tostex).
Rendimento= 13 e não sobrou unzinho p/contar a história kkk
Resultado de imagem para fotos de torradeira tostex


O PREPARO:
                                                     Antes do crescimento....








                                 Depois de crescidos (com os tais furinhos)...





         

                                     
                                                        Já assados...







                   Não ficaram tão bonitos como eu esperava, mas o                               sabor, hummmm...






                                                 Mostrando a textura...



16 comentários:

Andrea Bitencourt disse...

Bom dia, bom dia, bom dia amigaaaa!!!
Começar o dia assim com pãezinhos tão fofos e deliciosos não tem preço, né? Mais uma das suas receitinhas para salvar na lista de afazeres!!
Beijos e lindo final de semana pra vocês!!! =)

Sadhia Hage disse...

que delicias

cozinha100segredos disse...

Que bom! Quando eu era miúda a minha mãe fazia pão de batata! Eu gostava muito! Beijo

Marlene Ferrari disse...

Hummmm esse lanchinho parece tão bom! Adoraria saboreá-lo.
Ainda bem que vc vai continuar a fazer esses pãezinhos tão tentadores que que amamos tanto!
Desejo um fds abençoado pra vcs! Bjinhos!

Crocheteando...momentos! disse...

Não conhecia areceita!
Um dia destes experimento!!! Bj

Pepa disse...

Nhammmmmmyyyy...

Adoro os pa~es que o Eduardo ensina, uma vez fiz uma rosca de bombom, que olha... foi difícil segurar e não comer tudo, rsrsrs
Quando fiz o curso de panificação, aprendi a fazer pão de batata com aquele purê pronto, sabe qual ? Como era panificação comercial não usava a batata fresca, porque sempre dá uma murchadinha... com esse purê ele não murchava, mas confesso que não ficava tão saboroso...
O seu está muito apetitoso, e no calor do Rio, deve ser uma delícia fazer pães né ?

Bjus 1000 querida e um finde lindo prá ti

M. disse...

Dinha, que pãozinho mais maravilhoso, gordinho!
Já tive mais essa mania, daí o nome do blogue ;)
Beijinhos

sisi sartor sisitricot disse...

Adoro pão com batata fica com uma textura diferente e é delicioso.
Bjs.

Zilnete Antunes disse...

Que lanchinho, hein amiga!!!!
Adoro pão de batata!!! Me desculpe a ignorância, mas achava que era feito com batata doce!!! Pode? Rsrsrs!!!
Bjos!!!

FLAVIA SEABRA & LENINHA SEABRA disse...

Dinha querida,
Seu pão ficou lindo e tenho certeza que o sabor está divino!Amo os cursos
do Beltrame e já adquirir vários cursos,maravilhosos!Amiga,um ótimo e
abençoado fim de semana,fique com Deus,
Um super beijo

madá disse...

So delicias e água na boca....Recebi sim gmail e agradeço o convite, não sou muito dessa ÁREA...rsrs de culimaria mas aprecio...Passei pra deixar um gostoso abraço.e vou pegando umas dicas suas..beijokas.

Rosinha Benvenga e Teresinha Putrini Bortolotto disse...

olá bom dia,quando acontecer isso novamente deles não ficarem tão bonitos pode joga-los aqui em casa tenho certeza que não vai sobrar nenhum rsrsrsr bjs Rosinha

Prata da casa disse...

Ai amiga: e agora??? Lá vou ter que fazer o "sacrifício" de os experimentar. Pão de batata é muito saboroso,não é? Os seus estão tão lindos e devem ser deliciosos!
Bjn
Márcia

Maria Ferreira N. Vechi disse...

Boa noite Dinha
Só faltou saborear,deu para perceber como ficaram fofinhos Amiga,tá ficando especialista em pães heim.Levando a receita.
Beijos,feliz domingo!!

Luma Rosa disse...

Oi, Dinha!
Que delícia saber que gosta de fazer pães. Isso é admirável pois tem a ver com a nossa ancestralidade. Mas infelizmente o trigo atual deixa em nosso organismo sequelas da extremo beneficiamento que o deixou leve mas livre de todos os benefícios que anteriormente o trigo dava ao corpo - sendo sagrado na eucaristia junto ao corpo de Cristo. Tenho pensado se também estão fazendo óstias livres de glúten (rs*) Me desculpe! Não resisti!!
Acho que a culpa da massa não ficar uniforme é do fermento. Ele não reage na proporção das gramas de trigo utilizado, mas na composição que há nesse trigo - Como saber? Quem sabe usar o Levian?
Tenho aprendido algumas coisas sobre pães com a Neide Rigo.
Ela não faz uso de tag, então criei uma para você navegar pelo blogue dela :)
Boa semana!!
Beijus,

Mary - Strawberrycandy disse...

Bem posso imaginar o sabor,..até dá água na boca,...
Beijinhos
Espero por ti em:
www.facebook.com/omeurefugioculinario
http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...